Crime contra a soberania nacional

     País não vai ter mais o controle sobre o preço. Venda da estatal vai penalizar ainda mais a classe trabalhadora. Não teremos mais a capacidade de planejar a produção e distribuição de energia por Eduardo Maretti, da RBA  – O anúncio da privatização da...

    A privatização da Eletrobras é outro crime dos golpistas

    PRIVATIZAÇÃO DA ELETROBRAS VAI CAUSAR AUMENTO DE TARIFAS, INSEGURANÇA E APAGÕES  Novo retrocesso anunciado pelo governo golpista vai atingir a soberania nacional e impedir a população de ter tarifas reduzidas após amortização de investimentos por...

    Infarto fulminante beneficia canalhas e corruptos

     - DONO DA OAS ESTAVA PRESTES A DELATAR TUCANOS E JUÍZES -  César Mata Pires, que morreu nesta terça-feira, seria um dos delatores da OAS a relatar pagamentos de propina e caixa dois em obras do governo do Estado de São Paulo, como linhas do Metrô e...

    PG usa e abusa com a verba indenizatória

     - Paulo Guedes gasta R$ 131 mil de sua verba indenizatória em locadora de aliado político - O deputado estadual Paulo Guedes (PT) utilizou, de janeiro de 2016 a julho deste ano, R$ 131 mil de verba indenizatória para custear o gasto com locação de...

    Raiz de Paulo Ribeiro é transformada em RPPN

     Unidade de Conservação é transformada em Reserva Particular do Patrimônio Natural   O Instituto Estadual de Florestas (IEF), autorizou a criação da RPPN Raiz, localizada no Bioma Cerrado apresentando fitofisionomia de campos rupestres, com uma área...

    separador 1

    Notícias locais

      Montes Claros foi a primeira cidade do interior brasileiro a sediar a corrida e caminhada a favor da Policia Federal   A Corrida e Caminhada a Favor da Policia Federal, realizada ontem de manhã em...
     - Muita arte e cor, vários batuques e clima contagiante. Estas são as raízes das tradicionais Festas de Agosto, que começaram na quarte-feira (16) e terminaram no Domingo (20), em Montes Claros. -...
    Mais emNotícias Locais  

    Notícias regionais

     - Paulo Guedes gasta R$ 131 mil de sua verba indenizatória em locadora de aliado político - O deputado estadual Paulo Guedes (PT) utilizou, de janeiro de 2016 a julho deste ano, R$ 131 mil de verba...
     Unidade de Conservação é transformada em Reserva Particular do Patrimônio Natural   O Instituto Estadual de Florestas (IEF), autorizou a criação da RPPN Raiz, localizada no Bioma Cerrado apresentando...

    Notícias nacionais

     País não vai ter mais o controle sobre o preço. Venda da estatal vai penalizar ainda mais a classe trabalhadora. Não teremos mais a capacidade de planejar a produção e distribuição de energia por...
    PRIVATIZAÇÃO DA ELETROBRAS VAI CAUSAR AUMENTO DE TARIFAS, INSEGURANÇA E APAGÕES  Novo retrocesso anunciado pelo governo golpista vai atingir a soberania nacional e impedir a população de ter tarifas...

    separador 1

    Mundo

    Thumbnail  Era 1997, o conglomerado econômico da família Capriles tinha um problema: o representante dos seus interesses na política, deputado Armando Capriles do COPEI(1), decidira não renovar seu mandato. O grupo...
    Mais emMundo  

    Esportes

    Thumbnail  Corte de verbas da Petrobras deixa atletas olímpicos sem R$ 1,5 milhão em recursos desde agosto de 2016; Além do judô, a Petrobrás cortou o patrocínio aos atletas do boxe, esgrima, remo,...
    Mais emEsportes  

    Segurança Pública

    Thumbnail  - A Polícia Federal concluiu que não houve crime de obstrução de justiça na indicação do ministro Marcelo Ribeiro Navarro Dantas ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) por parte da presidente...

     

    separador blogosfera

    RUSSA CRITICA TRAPALHADA DE TEMER NO G20

     

    A Sputnik Brasil entrevistou com exclusividade, o cientista Político e professor do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal de Juiz de Fora,  - Raul Magalhães. O especialista chamou de desastrada a declaração de Temer de que não há crise econômica no Brasil. "[A declaração] poderia ter funcionado se ele tivesse dito que estamos recuperando em alguns níveis, como a queda da inflação, uma recuperação da atividade industrial… Mas a reação de que não existe crise econômica no quadro recessivo que está instalado pareceu uma reação destemperada", avalia o professor -

      Da Agência Sputinik

    O presidente Michel Temer desembarcou nesta sexta-feira (7) em Hamburgo, na Alemanha para participar da reunião hoje (7) e amanhã (8) da cúpula do G20, grupo que reúne as 20 maiores potências mundiais.

    Diante da crise política no Brasil, Temer chegou a anunciar que não viajaria mais para a Alemanha, mas, na última hora, mudou de ideia após ouvir seus ministros, especialmente o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que destacou que a ausência de Temer na reunião poderia ser interpretado pelos investidores internacionais como um sinal de fraqueza do governo federal.


    Ao chegar no hotel nesta sexta-feira (7) onde está hospedado Temer conversou rapidamente com a imprensa e a ser questionado sobre a situação do Brasil no G20 diante da crise política e econômica no país, o presidente afirmou surpreendendo os jornalistas, que não há crise econômica no Brasil.
    "Não, pode levantar os dados e você verá que nós estamos crescendo empregos, estamos crescendo indústria, estamos crescendo agronegócio. Lá não existe crise econômica”, afirmou o Presidente.

    Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem ainda 13,8 milhões de desempregados e que no trimestre março, abril e maio o desemprego ficou em 13,3% conforme a pesquisa PNAD Contínua, mesmo com o Ministério do Trabalho tendo anunciado no mês passado que, em maio, a abertura de vagas formais de emprego superou as demissões em 34,2 mil postos, sendo o segundo mês seguido em que houve criação de postos de trabalho com carteira assinada no país. A Confederação Nacional da Indústria também afirma que a estimativa de crescimento industrial caiu de 1,3% para 0,5%.

    A Sputnik Brasil entrevistou com exclusividade, o cientista Político e professor do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal de Juiz de Fora, Raul Magalhães. O especialista chamou de desastrada a declaração de Temer de que não há crise econômica no Brasil.

    "[A declaração] poderia ter funcionado se ele tivesse dito que estamos recuperando em alguns níveis, como a queda da inflação, uma recuperação da atividade industrial… Mas a reação de que não existe crise econômica no quadro recessivo que está instalado pareceu uma reação destemperada", avalia o professor.


    Para Magalhães, a fala é uma estratégia do presidente em passar uma imagem mais enérgica diante dos problemas da gestão. Porém, o professor avalia que a fala produziu um debate ainda maior sobre a dissintonia do governo com o quadro que busca remediar.
    "O governo Temer colheu alguns resultados positivos na gestão da economia, mas daí a dizer que a superação do quadro está instalada não coincide com a opinião dos economistas. E para os 13 milhões de desempregados não adianta dizer que a coisa está melhorando, a percepção subjetiva não é de uma crise superada. A propaganda é inadequada e dificilmente convence investidores externos que são muito bem informados sobre o que acontece internamente no Brasil", afirma o especialista.

    A Cúpula do G20, organizada neste ano na Alemanha, termina amanhã.

    Brasil 247

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper