Hospital utiliza todos os equipamentos apreendidos da Soebras
     Os equipamentos hospitalares apreendidos da Soebras, sob a acusação de fraude na exportação da Alemanha, estão 100% instalados no Hospital Universitário de Montes Claros, vinculado a Universidade Estadual de Montes Claros.  O médico... Leia mais...
    Marido de Raquel Muniz sofre mais uma derrota. E a PF está de prontidão.
     Juiz mandou bloquear recursos do FIES destinados ao grupo Soebras, de Ruy Muniz, proprietário do jornal Hoje em Dia.  Nas fotos, enquanto Raquel Muniz estava elogiando a honestidade do seu marido, na votação do impeachment da presidenta Dilma Rousseff, Ruy Muniz... Leia mais...
    EM NOTA, MARINA APOIA A INTERVENÇÃO MILITAR NO RIO
     "O decreto de intervenção do presidente Michel Temer é uma medida extrema para lidar com a situação grave de segurança pública no Estado do Rio de Janeiro", disse a pré-candidata Marina Silva, na nota em que expressa seu apoio à... Leia mais...
    Mais um executivo confirma fraude de Aécio em obra da Cidade Administrativa
     - O depoimento de um ex-funcionário da Odebrecht que não fechou acordo de delação premiada reforça a suspeita de irregularidades nas obras da Cidade Administrativa de Minas Gerais. Ex-coordenador de execução de um lote, Carlos Berardo... Leia mais...
    FRENTE DE ESQUERDA PREPARA MANIFESTO PARA RECONSTRUIR O BRASIL
     Os cinco principais partidos de esquerda do Brasil, PT, PDT, PSB, PCdoB e PSOL, se uniram para a construção de uma agenda comum contra o retrocesso político e econômico que vive o País  - As forças políticas do campo progressista... Leia mais...
    prev
    next

    separador 1

    Notícias locais

     Os equipamentos hospitalares apreendidos da Soebras, sob a acusação de fraude na exportação da Alemanha, estão 100% instalados no Hospital Universitário de Montes Claros, vinculado a Universidade...
     Mais de 45 mil foliões participaram desta festa popular realizada pela Prefeitura de Montes Claros, na Praça dos Jatobás, nestes quatro dias de folia. O Carnaval de Montes Claros terminou na...
    Mais emNotícias Locais  

    Notícias regionais

     Juiz mandou bloquear recursos do FIES destinados ao grupo Soebras, de Ruy Muniz, proprietário do jornal Hoje em Dia Nas fotos, enquanto Raquel Muniz estava elogiando a honestidade do seu marido, na...
     - O depoimento de um ex-funcionário da Odebrecht que não fechou acordo de delação premiada reforça a suspeita de irregularidades nas obras da Cidade Administrativa de Minas Gerais. Ex-coordenador de...

    Notícias nacionais

     "O decreto de intervenção do presidente Michel Temer é uma medida extrema para lidar com a situação grave de segurança pública no Estado do Rio de Janeiro", disse a pré-candidata Marina Silva, na...
     Os cinco principais partidos de esquerda do Brasil, PT, PDT, PSB, PCdoB e PSOL, se uniram para a construção de uma agenda comum contra o retrocesso político e econômico que vive o País  - As forças...

    separador 1

    Mundo

    Thumbnail  – O ponto alto dos desfiles das escolas de samba no Rio de Janeiro foi a apresentação da Paraíso do Tuiuti. Nela, houve espaço para o "vampirão" Michel Temer que governa o Brasil depois de um golpe...
    Mais emMundo  

    Esportes

     - Durante o jogo entre Corinthians e São Paulo pelo campeonato paulista nesse sábado, 27, no Pacaembu, torcedores corintianos protestaram contra a condenação do ex-presidente Lula pelo TRF-4. Em...
    Mais emEsportes  

    Segurança Pública

    Thumbnail  A intervenção militar no Rio de Janeiro já fez sua primeira vítima: a Paraíso do Tuiuti  A censura está de volta ao Brasil, um dia depois da intervenção militar no Rio de Janeiro. Nesta madrugada, no no...

    www.autopecasONLINE24.pt

     

    separador blogosfera

    Ladrão e golpista fala em democracia na Venezuela

     - No poder devido a um golpe de Estado que destituiu a presidente legitimamente eleita, Michel Temer saiu de um jantar com o presidente americano, Donald Trump, realizado ontem em Nova York, defendendo ações para garantir a "democracia" na Venezuela -

     - Em Nova York para a Assembleia Geral da ONU, Michel Temer participou de encontro promovido pelo presidente dos EUA, Donald Trump, com líderes da América Latina. O jantar teve um tom de doutrinação contra o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

    Temer, que só está no poder porque conspirou para derrubar Dilma Rousseff, a presidente legitimamente eleita nas urnas, saiu do jantar repetindo a cartilha americana e falando da necessidade de se defender a democracia na Venezuela.

    Nas redes sociais, Temer virou motivo de chacota por ter sido o único no encontro a precisar recorrer a fones de ouvido com tradução simultânea.S

    Segundo a Reuters, em suas primeiras horas em Nova York, Michel Temer não escapou de ouvir protestos e gritos de “Fora Temer” na sua chegada ao hotel em que se encontraria com o presidente norte-americano, Donald Trump, para um jantar.

    Confira abaixo reportagem da Agência Brasil sobre o encontro.

    Da Agência Brasil

    Michel Temer, disse ontem (18), após jantar de trabalho com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e lideranças sul-americanas, que o Brasil tem feito o possível para ajudar humanitariamente o povo venezuelano. A Venezuela foi um dos principais temas tratados no jantar com Trump, que exigiu a restauração "plena" da democracia e das liberdades políticas no país governado por Nicolás Maduro.

    Temer deu uma entrevista coletiva a jornalistas após o jantar com Trump e a Venezuela foi o principal assunto. O brasileiro disse que é preciso tratar do tema sobre dois ângulos: o humanitário e o político. No humanitário, ele disse que o Brasil mandou medicamentos para a Venezuela e no político citou o encontro com Leopoldo Lopez, político que faz oposição a Maduro.

    Eu próprio relatei que recebi o Leopoldo Lopez, tenho mantido os mais variados contatos, recebi a esposa dele, a mãe dele, para revelar a posição do Brasil em relação à Venezuela”, disse. “As pessoas querem que lá se estabeleça a democracia, não querem uma intervenção externa, naturalmente. Mas querem manifestações que se ampliem, dos países que aqui estão para os países da América Latina, para os países caribenhos, de maneira a pressionar a solução democrática na Venezuela”

    Segundo Temer, nenhuma decisão foi tomada durante a reunião, mas os líderes sul-americanos destacaram o problema dos refugiados venezuelanos. “Nós temos mais de 30 mil refugiados no Brasil, milhares de refugiados na Colômbia e alguns até no Panamá. E o que houve foi isso: todos querem continuar a pressão para resolver. Mas a pressão diplomática”, disse.

    Temer disse que a possibilidade de sanções à Venezuela não foi discutida efetivamente. Falou-se no tema, mas com ações diplomáticas, como ocorreu em relação ao Mercosul. “No Mercosul, quando nós fizemos reunião na Argentina, a Venezuela foi excluída do Mercosul, melhor dizendo, até nem chegou a entrar, por não ter cumprido as cláusulas democráticas”, disse.

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper