MP pede bloqueio de bens de Lula “por convicção”

      A defesa do ex-presidente Lula divulgou, há pouco, nota em que diz que o pedido de bloqueio de R$ 24 milhões de bens (quais?) de Lula e do filho”não indica provas” e que parte de “certezas delirantes sobre a “influência” de Lula na compra de caças” da...

    Usina fotovoltaica começa a operar em Pirapora

     - Usina gigante de energia solar começa a operar no Norte de Minas Gerais -  Pirapora. Em um terreno do tamanho de 1.500 campos de futebol, mais de um milhão de painéis solares se perdem no horizonte: Pirapora, a maior usina Usina gigante de energia...

    Chuva não fez nem cócegas na Barragem de Juramento

     Responsável por 70% do abastecimento de Montes Claros, a Barragem da Copasa, em Juramento, não aumentou nem 1% de água, mesmo com a chegada das chuvas. E a situação continua crítica  As chuvas que caíram no Norte de Minas, na última semana, não...

    Catuti receberá o projeto de interiorização da AMM

     - AMM nos Municípios chega a Catuti, região Norte de Minas Gerais, nesta sexta-feira -  Catuti, na região Norte de Minas Gerais, será a nona e penúltima cidade a receber o projeto de interiorização “AMM nos Municípios – Encontro nas Macrorregiões” em 2017,...

    Andreia Neves continua nas mãos do Supremo

     - STF RETIRA DE 1ª INSTÂNCIA INVESTIGAÇÃO SOBRE IRMÃ DE AÉCIO -  Primeira Turma do STF derrubou decisão individual do ministro Marco Aurélio, que determinou o desmembramento da investigação aberta contra Andreia Neves e Frederico Pacheco, irmã e...

    separador 1

    Notícias locais

     Responsável por 70% do abastecimento de Montes Claros, a Barragem da Copasa, em Juramento, não aumentou nem 1% de água, mesmo com a chegada das chuvas. E a situação continua crítica  As chuvas que...
     - Presidente da Câmara de vereadores de Montes Claros é acusado por fraude em investigação que prendeu tenente por pedofilia - Laudo da Polícia Federal aponta que arquivos apreendidos em operação em...
    Mais emNotícias Locais  

    Notícias regionais

     - Usina gigante de energia solar começa a operar no Norte de Minas Gerais -  Pirapora. Em um terreno do tamanho de 1.500 campos de futebol, mais de um milhão de painéis solares se perdem no...
     - AMM nos Municípios chega a Catuti, região Norte de Minas Gerais, nesta sexta-feira -  Catuti, na região Norte de Minas Gerais, será a nona e penúltima cidade a receber o projeto de interiorização...

    Notícias nacionais

      A defesa do ex-presidente Lula divulgou, há pouco, nota em que diz que o pedido de bloqueio de R$ 24 milhões de bens (quais?) de Lula e do filho”não indica provas” e que parte de “certezas...
     - O Valor publica que o Diário Oficial da União traz a destituição, por Michel Temer, do deputado tucano Major Rocha. -   Rocha, há dias, disse que o senador Tasso Jereissati tinha sido afastado do comando...

    separador 1

    Mundo

    Thumbnail  - NEW YORK TIMES VOLTA A DESTACAR CORRUPÇÃO DA GLOBO -  A Globo voltou a ser destaque no jornal no principal jornal do mundo, o The New York Times, por conta das denúncias de corrupção contra a...
    Mais emMundo  

    Esportes

    Thumbnail  - EM NOVO DEPOIMENTO, DELATOR COMPLICA GLOBO E CITA PROPINAS NAS COPAS 2026 E 2030 -   A situação jurídica da Globo se complicou ainda mais nesta quarta-feira 15, no segundo dia de depoimentos do...
    Mais emEsportes  

    Segurança Pública

    Thumbnail  - A decisão do Ministro Ricardo Lewandowski de não homologar o acordo de delação premiada do marqueteiro Renato Pereira, cujas acusações encheram os jornais nos últimos 20 dias, não é um tapa de...

    www.autopecasONLINE24.pt

     

    separador blogosfera

     Juiz que é Juiz não pode ser aplaudido - Em evento na London School of Economics, no Reino Unido, Djamila Ribeiro, mestre em filosofia política e ativista questionou o magistrado sobre seus posicionamentos à frente da Operação Lava-Jato

    Djamila Ribeiro, mestre em filosofia política e ativista (Créditos: Ricardo Matsukawa/El País)

    Da Revista Fórum:

    Djamila Ribeiro enfrenta Moro em debate em Londres: “Juiz não deveria ter partido”

    A filósofa Djamila Ribeiro questionou o juiz Sergio Moro sobre seus posicionamentos à frente da Operação Lava-Jato. O magistrado participou ontem (13) de um debate na London School of Economics, no Reino Unido, com a presença do ex-advogado-geral da União José Eduardo Cardozo.

    Na ocasião, Cardozo afirmou que o impeachment de Dilma Rousseff se tratou de um golpe baseado em “acusações pífias” e foi recebido com palmas. Quando a discussão passou às perguntas da plateia, Djamila, que falará no evento no domingo sobre questões de gênero, criticou o “discurso do populismo penal”.

    A ex-secretária-adjunta de Direitos Humanos da cidade de São Paulo lembrou que a decisão de interromper as atividades do Instituto Lula foi feita com uma “canetada”. “Juiz não deveria ter lado, juiz não deveria ter partido”, enfatizou ao comentar a torcida em torno da figura de Moro no debate.

     - Pesquisas de boca de urna apontam que o candidato centrista Emmanuel Macron, de 39 anos, foi o vencedor das eleições presidenciais francesas contra a candidata de ultradireita Marine Le Pen.

     Segundo as pesquisas, Macron registrou entre 65,5% e 66,1% dos votos válidos, enquanto Le Pen obteve entre 33,9% a 34,5%. Caso o resultado seja confirmado, Macron será o presidente mais jovem da história francesa.

    Reuters - Emmanuel Macron foi eleito presidente da França neste domingo, derrotando Marine Le Pen, uma nacionalista de extrema-direita que ameaçou retirar o país da União Europeia, mostram as primeiras projeções sobre o resultado do pleito.

    A vitória do candidato centrista deve ser significativa, aliviando preocupações de aliados europeus que temiam outra agitação populista na sequência da decisão em referendo do Reino Unido por deixar a União Europeia e da eleição de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos.

    O ex-banqueiro de investimentos de 39 anos, que foi ministro da Economia por dois anos, mas nunca havia ocupado um cargo eletivo, irá agora se tornar o mais jovem líder francês desde Napoleão, sob uma promessa de superar ultrapassadas divisões entre esquerda e direita.

    Três projeções, divulgadas minutos após o fechamento das urnas, às 8 horas da noite no horário local, mostraram Macron vencendo Le Pen com cerca de 65 por cento contra 35 por cento, uma margem maior que os 20 por cento estimados em pesquisas anteriores.

    Ainda assim, o desempenho de Le Pen é um recorde para seu partido, a Frente Nacional, cujas políticas anti-imigrantes o faziam até recentemente um pária no cenário francês, o que ressalta a escalada das divisões que Macron agora tentará superar.

    As políticas anti-imigração, a favor de elevados gastos e o nacionalismo de Le Pen preocuparam os mercados financeiros, mas tiveram forte apelo junto a muitos dos mais pobres em meio a um cenário de desemprego elevado, tensões sociais e preocupações com segurança.

    A fatia dos votos obtida por Le Pen foi quase o dobro da obtida por seu pai Jean-Marie, último candidato da Frente Nacional a disputar o segundo turno das eleições presidenciais, contra Jacques Chirac, em 2002

     Segundo o presidente venezuelano, não há outra alternativa e que desta forma se atingirá a paz e será vencida a tentativa de golpe parlamentar

     O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, fez nesta segunda-feira (1º) um chamado ao “poder constituinte originário” para que “a classe operária” convoque uma Assembleia Nacional Constituinte. Segundo ele, não há outra alternativa e que desta forma se atingirá a paz e será vencido “o golpe de Estado”. As informações são da agência EFE.

    “Anuncio que, no uso de minhas atribuições presidenciais como chefe de Estado constitucional, de acordo com o Artigo 347, convoco o poder constituinte originário para que a classe operária e o povo, em um processo nacional constituinte, convoque uma Assembleia Nacional Constituinte”, disse Maduro em um grande ato com operários em Caracas por ocasião das celebrações do 1º de Maio.

    De acordo com a agência Reuters, a Assembleia Constituinte tem o objetivo de recriar o Estado, criar um novo ordenamento jurídico e redigir uma nova Constituição que levaria a eleições gerais.

    Opositores, conforme a agência, dizem que o movimento é uma tentativa de marginalizar a atual Assembleia Nacional liderada pela oposição e manter Maduro no poder em meio uma recessão e manifestações que resultaram na morte de 29 pessoas no mês passado.

    Via Agência Brasil

     – Coxinha trouxa ficou no Brasil - Burguês endinheirado se protege da crise no Brasil indo morar em país de governo socialista. E você coxinha, ainda achando que prender o Lula é a solução para o Brasil?

    por Sérgio Saraiva

    Duas notícias, neste mês de abril, complementares com uma distância de três semanas, mostram como pensam as classes dominantes neste país: “farinha pouca, meu pirão primeiro”.

    No início de abril, a BBC-Brasil, repercutindo a The Economist, trazia uma notícia que ia contra a corrente do que se prega no Brasil para sairmos da crise.

    ”Portugal está superando a crise econômica sem recorrer a fórmulas de austeridade, diz Economist”.

    “Segundo reportagem desta semana da revista britânica The Economist, Portugal conseguiu reduzir seu deficit orçamentário à metade em 2016, chegando a 2,1% do Produto Interno Bruto (PIB). Trata-se do melhor resultado registrado desde a transição para a democracia, em 1974.

    O governo português do primeiro-ministro António Costa, do Partido Socialista, no poder desde novembro de 2015, conseguiu reduzir o deficit fiscal ao mesmo tempo em que aumentou os salários e aposentadorias.

    Sob o comando de Costa, o país também atingiu pela primeira vez a meta estabelecida para as nações da chamada zona do euro e conseguiu reestabelecer salários, aposentadorias e horas trabalhadas aos níveis anteriores à crise econômica de 2008. Além disso, a economia portuguesa cresce há três anos seguidos”.

    Você pode concordar ou discordar de Lula e de Lorde Keynes. Mas a notícia é essa.

    Agora, em 23 de abril de 2017, a Folha de São Paulo traz uma matéria que mostra como reagiram as classes dominantes brasileiras em relação a isso.

    ”Desencanto e crise impulsionam êxodo de brasileiros abastados para Lisboa”.

    “Hoje, 85 mil brasileiros são residentes regulares em Portugal, com visto de trabalho e estudo.

    Para ter direito ao visto especial, o "golden visa" (Autorização de Residência para Atividade de Investimento), é preciso investir € 1 milhão (R$ 3,4 milhões) ou adquirir imóvel que custe pelo menos € 350 mil (em áreas de reabilitação urbana) ou € 500 mil nas demais zonas. Após cinco anos de residência, o beneficiário pode solicitar cidadania portuguesa”.

    Não é para qualquer um.

    Mas veja só quem já está por lá, o dono da Empiricus, um nome bastante conhecido dos coxinhas que vestiram camisa amarela e bateram panelas.

    "Recomendamos fortemente o investimento em imóveis em Portugal. Você paga barato, está na Europa, forma um patrimônio em euros e o retorno varia de 5% até 15%", avalia Renato Breia, sócio da Empiricus, consultoria financeira que abriu filial em Lisboa".

    "O economista de 32 anos se mudou há um ano e meio para lá e seguiu o conselho dado aos clientes, ao comprar por € 270 mil um apartamento de 90 m²”.

    Perto de um milhão de reais por um apartamento de 90m². Mas vale a pena.

    “O jovem e as duas famílias fazem parte de uma leva de brasileiros de classe média alta e ricos que, nos últimos três anos, encontraram além-mar um Eldorado para fugir da insegurança, do desencanto com a política e da crise econômica no Brasil”.

    Para saber o que leva os brasileiros ricos para Portugal, deve se ouvir a cônsul-geral-adjunta do Brasil em Lisboa:

    "Aqui, desfrutam do seu nível de vida, as crianças andam sozinhas em segurança, contam com boas escolas internacionais, além de saúde e educação públicas de qualidade."

    Saúde e educação públicas de qualidade. Parece escárnio, quando lembrarmos das críticas que esse pessoal fez aos governos Lula e Dilma e o que apontam como erros – os gastos sociais.

    Errado, não parece escárnio - é escarnio. Vejamos o que diz uma dessas pessoas, dono de uma produtora de vídeo que passa 40 dias em Portugal e 20 em Brasília, onde fica a sede da produtora: "ganho dinheiro no Brasil e vivo em Portugal".

    Esse é o melhor dos dois mundos para a plutocracia brasileira, ganhar dinheiro em país comandado pelo PSDB e morar em um país que governa como o PT.

    Um recado para quem ainda acredita na Lava Jato como solução do país?

    “A mulher mais rica de Portugal é uma brasileira, Regina Camargo, 66, herdeira da Camargo Corrêa. Com fortuna estimada em US$ 1,9 bilhão, ela e o marido, Carlos Pires, dono da rede Raia-Drogasil, escolheram viver em um prédio restaurado no Chiado, zona mais nobre do centro histórico de Lisboa”.

    Camargo Correia, para quem ainda não ligou o nome à pessoa.

    Não estão sós: “expoentes das novas gerações, como Ana Maria Diniz, filha mais velha de Abilio Diniz (atual BRF e ex-Pão de Açúcar), e o marido, Luiz Felipe D'Ávila, estão reformando um imóvel também no Chiado, onde o metro quadrado pode chegar a € 10 mil”.

    Comentou-se muito por aqui quando Joaquim Barbosa usou suas economias para comprar um apartamento em Miami com alguma controvérsia quanto ao registro de imóveis e aos impostos decorrentes, mas o padrão português atual não é nem mesmo para ministro do Supremo. Um ministro do STF ganha algo perto de R$ 40 mil. É um bom salário, mas não o suficiente para bancar uma ponte aérea Brasília-Lisboa, algo em torno de R$ 13 mil. Porém:

    “Gilmar Mendes, ministro do STF, optou por Príncipe Real, outra zona nobre, onde comprou apartamento no ano passado. Com voo direto de Brasília para Lisboa, costuma passar feriados e planeja usufruir ainda mais do imóvel quando se aposentar”.

    Obviamente, o cidadão brasileiro Gilmar Mendes tem outras fontes de renda além do salário de ministro do STF. Trata-se de um empresário de sucesso na área da educação.

    Mas, e você coxinha de classe média baixa, que ficou sabendo que não vai poder se aposentar e que será terceirizado, perderá o convênio médico bancado pela empresa e passará a emitir nota fiscal para o patrão no lugar de receber holerith, ainda tem raiva do Lula?

    Viu no que dá cair do conto do pato amarelo e ir fazer acampamento em frente da FIESP achando que poderia chamar patrão de companheiro de lutas? Você perdeu o lugar e teu patrão foi para Portugal.

    Lembra-se de quando você invadia Miami para fazer compras achando que estava no primeiro mundo? Bons tempos. Não tem jeito, coxinha, reconheça, você foi feito de trouxa. Encha seu peito de ar e grite conosco: Fora, Temer – Volta, querida.

    Ou, ao seu estilo: “vai tomar no cu”.

    PS: o pai deste Oficial de Plantão era português, para quem se interessar pelo porquê deste gajo ainda estar por aqui: ”meu pai o conde e o rei da Itália”.

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper