ENCANTARES – Augusto Vieira

    Letra da música que compus agora, à tarde - 24/02/2013, para Lena

    Ó, minha mãe querida,

    Não vás agora, não,

    Não fujas desta vida,

    Guarde aqui teu coração.

    Não vás, ó minha amada,

    Pra onde eu nunca vi.

    Abandona esta jornada,

    Fique viva por aqui.

    Se acaso viajares

    Que o faças bem, sem dores,

    Ouvindo só cantares

    Dos teus mais caros amores.

    Obrigado, madroeira,

    Pelo bem que semeaste.

    Suba ao céu, moça faceira,

    Deus te espera num estandarte.

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper