- As inscrições estão abertas até o dia 23 deste mês -

     No dia 2 de julho, às 8 horas, os amantes da prática esportiva tem encontro marcado na Praça dos Jatobás, em Montes Claros, na Corrida Aniversário de Montes Claros - José Nardel.

    A prova é promovida pela Secretaria de Esportes da Prefeitura de Montes Claros, em parceria com a Federação Mineira de Atletismo, e terá dois percursos, de 5 e 10 km (Praça dos Jatobás/Ginásio Ana Lopes/Praça dos Jatobás), sendo que no percurso de 10 km se percorrerá o trajeto duas vezes.

    Além da opção de 5 e 10 km, a competição também terá categorias para portadores de necessidades especiais (PNE, deficientes visuais e cadeirantes) e Escolar (14 a 17 anos), ambas com percurso de 5 km. O valor da inscrição é R$ 30, para a categoria Geral 5 e 10 km, e R$ 15, para a categoria Escolar. A categoria PNE tem inscrição gratuita. Segundo o regulamento da competição, o atleta deficiente visual deverá estar acompanhado de um atleta-guia com o qual deverá estar ligado por corda através de mãos, braços ou dedos.

    A camisa será disponibilizada a todos os inscritos; a medalha, aos concluintes da prova; e os troféus aos primeiros colocados das categorias de faixa etária (18 a 29 anos; 30 a 39; 40 a 49; 50 a 59; e acima de 60 anos) da corrida de 10 km e da categoria Geral (5 e 10 km). Mas quem deseja participar da prova que festeja os 160 anos da maior cidade do Norte de Minas deve se apressar, pois as inscrições terminam no dia 23 de junho. Os interessados poderão realizar sua inscrição através do site oficial da Prefeitura de Montes Claros (www.montesclaros.mg.gov.br).

    É interessante lembrar que os atletas menores de 18 anos deverão apresentar autorização assinada pelo pai ou responsável no momento da entrega do kit, que se dará na véspera da corrida, entre 12 e 19 horas, na sede da Secretaria de Esportes, na Praça dos Jatobás. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3229-3474.

    Imagens da medalha e do troféu da prova 

    Via Ascom-Prefeitura 

     - Com a participação de 194 municípios, Jogos do Interior de Minas acontecem, simultaneamente, em oito cidades -

    Árbitro da FIFA, Alexandre Campos, apita disputa de futsal

    Os próximos dias serão de muito esporte nos quatro cantos de Minas Gerais. Entre os dias 14 e 18 de junho (quinta-feira a domingo), oito cidades recebem as etapas microrregionais dos Jogos do Interior de Minas (JIMI) 2017: João Monlevade, Pitangui, Jequitinhonha, Montes Claros, Pouso Alegre, Frutal, Cataguases e Ponte Nova.

    Estão previstas 974 partidas de basquete, futsal, handebol e voleibol, nos naipes masculino e feminino, com a participação de 194 municípios. As cerimônias de abertura acontecem nesta quarta-feira (14/6).

    Substituído em 2012 pelos Jogos de Minas, o JIMI volta ao seu formato original, atendendo a uma demanda da população mineira levantada durante os Fóruns Regionais de Governo. Neste ano, 321 municípios se inscreveram na competição – mais que o dobro da edição de 2016 dos Jogos de Minas Gerais.

    Para o secretário de Estado de Esportes, Arnaldo Gontijo, com 33 anos de tradição o JIMI traduz a importância do esporte na vida do povo mineiro. “É muito bom poder fazer parte deste retorno dos Jogos do Interior, que por tantos anos encantou, atraiu torcidas e motivou atletas de centenas de cidades. Quem é do interior, como eu, sabe o valor deste evento para a população, sabe como o JIMI mobiliza os municípios por onde passa, potencializa a economia, o turismo e a interação entre os participantes”, destaca.

    O secretário ressalta ainda o papel do evento no incentivo à prática esportiva pela população. Uma pesquisa divulgada recentemente pelo Ministério do Esporte revelou que, no país, seis em cada dez pessoas com 15 anos ou mais não praticaram esporte ou atividade física entre setembro de 2014 e setembro de 2015, contra 37,9% que praticaram. Em termos de população projetada, são mais de 100 milhões de sedentários e 61,3 milhões que se consideram mais ativos.

    Atletas vivem expectativa

    Cerca de 1.225 km separam Araporã, cidade com 6.717 habitantes na divisa de Minas com Goiás, e Jequitinhonha, município com 25.465 moradores, sede da microrregional Jequitinhonha-Mucuri, localizada no leste do estado. A distância, no entanto, não diferencia a expectativa dos atletas pela participação no JIMI.

    Os times masculinos araporenses participarão das disputas de basquete, futsal e handebol em Frutal – microrregional Triângulo Noroeste. Para o atleta Rodrigo Santana, goleiro do time de handebol, voltar ao JIMI é uma oportunidade de retomada do tradicional time da cidade. “Já participei em outras seis edições, comecei quando tinha 17 anos, e agora estou com 32. Nosso time é bem mesclado, alguns atletas com mais trinta anos e outros ainda são jovens”, afirma. O atleta ainda conta que as expectativas da equipe para os Jogos são grandes. “Temos uma base forte em Araporã e vamos entrar em quadra com o intuito de ganhar medalha”, declara.

    Já em Jequitinhonha, a ansiedade é dupla: por sediar a competição e para entrar em quadra. A cidade receberá representantes de 32 municípios – o maior número entre as microrregionais. Segundo o técnico de basquete masculino jequitinhonhense João Paulo Cabral, o time já está preparado para a disputa.

    "A equipe já participa há muitos anos dos Jogos, temos um time jovem, com atletas que disputaram o JEMG e não têm mais idade para a competição escolar”, afirma. “Desde 2013 conseguimos boas campanhas e chegamos à fase estadual”, prosseguiu. De acordo com o profissional, a cidade também está pronta para receber o evento. “Estamos ansiosos pelo começo da etapa, o município se preparou, o comércio, e a população está bem animada também”, conclui.

    Competição de futsal contará com árbitro FIFA

    Alexandre Campos é de Juiz de Fora. Árbitro de futsal do quadro da FIFA desde 2011, ele traz no currículo importantes competições: torneios sul-americanos, Grand Prix, Mundial Universitário, quatro finais de Liga Nacional, quatro finais de Taça Brasil, diversos desafios internacionais – entre eles, o confronto entre Brasil e Argentina, realizado em 2014 em Brasília diante de 69 mil torcedores – e 13 edições do JIMI.

    Neste ano, Alexandre atuará na microrregional Vertentes-Mata, em Cataguases e garante que traz a mesma expectativa de quando é escalado para jogos profissionais. “Minha estreia no JIMI foi em 2004, em Conselheiro Lafaiete. Desde então, sempre que posso, tenho muito prazer de participar. Para mim, é uma competição de igual importância se comparada àquelas em que represento o Brasil”, conta.

    "Independente de qualquer coisa, o trabalho do árbitro deve ser sempre sério. Desde o primeiro dia, é necessário disciplinar as equipes para que as disputas transcorram com tranquilidade. Por se tratar de um evento que não é profissional, às vezes é necessário também instruir alguns atletas que não conhecem tão bem as regras”, relata.

    A poucos dias do início dos Jogos, ele assume a ansiedade. “Esse friozinho na barriga faz parte, é importante para o árbitro. Se você não tem isso, pode não conseguir realizar o trabalho de forma eficaz. É sempre bom e motivador”, encerra.

    JIMI terá três etapas

    Em 2017, o JIMI é realizado em três etapas. A microrregional é a primeira delas e aponta os classificados para a regional, que será realizada, entre 6 e 10 de setembro de 2017, em quatro sedes – Pitangui, São João del-Rei, Montes Claros e Itabira – com disputas de basquete, futsal, handebol e voleibol. Diferente do que aconteceu em 2016, as equipes classificadas serão agrupadas em apenas uma divisão.

    Já a etapa estadual acontece entre 11 e 15 de outubro, com esportes coletivos, além dos individuais e paralímpicos: atletismo (paralímpico e convencional), natação (paralímpica e convencional), ciclismo speed, ciclismo mountain bike, judô, karatê, taekwondo, xadrez, bocha paralímpica e basquete em cadeira de rodas.


    Confira a programação das cerimônias de abertura das microrregionais:

    João Monlevade (Metropolitana)
    Data e horário: 14 de junho (quarta-feira), às 19h
    Local ainda será definido

    Pitangui (Sudoeste-Oeste) | Sede tem a presença confirmada do secretário de Estado de Esportes, Arnaldo Gontijo
    Data e horário: 14 de junho (quarta-feira), às 19h
    Local: Ginásio Poliesportivo da Praça de Esportes
    Endereço: Rua Francisco Borja, s/nº - Bairro São Francisco

    Jequitinhonha (Jequitinhonha-Mucuri)
    Data e horário: 14 de junho (quarta-feira), às 19h
    Local: Ginásio Dativo Botelho
    Endereço: Avenida Doutor Franco Duarte, 586 - Centro.

    Montes Claros (Norte-Central)
    Data e horário: 14 de junho (quarta-feira), às 19h30
    Local: Ginásio Poliesportivo Tancredo Neves
    Endereço: Avenida Lago de Três Marias, s/nº - Bairro Monte Carmelo.

    Pouso Alegre (Sul) | Sede tem a presença confirmada do secretário de Estado Adjunto de Esportes, Ricardo Sapi
    Data e horário: 14 de junho (quarta-feira), às 20h
    Local: Ginásio da Praça de Esportes Municipal (Rosão)
    Endereço: Avenida Agripino Rios, s/nº - Bairro Jardim Olímpico.

    Frutal (Triângulo-Noroeste)
    Data e horário: 14 de junho (quarta-feira), às 19h
    Local: Alvorada Praia Clube
    Endereço: Praça Frei Gabriel, s/nº - Centro.

    Cataguases (Vertentes-Mata)
    Data e horário: 14 de junho (quarta-feira), às 20h
    Local: Praça Chácara Dona Catarina (Bairro Sereno)

    Ponte Nova (Caparaó-Vale do Aço-Rio Doce)
    Data e horário: 14 de junho (quarta-feira), às 19h
    Local: Ginásio Poliesportivo do Palmeiras
    Endereço: Avenida Nossa Senhora das Graças, s/nº - Bairro Guarapiranga.

    Agência Minas

     - Duramente atingido pela delação da JBS, acusado de ter recebido dinheiro de propina para Aécio Neves (PSDB-MG), o senador Zezé Perrella desistiu de disputar a presidência do Cruzeiro; nesta terça-feira, Perrella enviou uma carta aos conselheiros do clube mineiro informando que não irá disputar a eleição no final do ano

     

     - O senador Zezé Perrella (PMDB-MG) comunicou que está oficialmente fora da disputa pela presidência do Cruzeiro. Nesta terça-feira, Perrella enviou uma carta aos conselheiros do clube informando que não irá disputar a eleição no final do ano.

    Presidente do clube mineiro de 1995 a 2002 e de 2009 a 2011, Zezé Perrella é acusado de ter recebido dinheiro de propina do grupo JBS ao senador Aécio Neves. De acordo com a Polícia Federal, o montante foi depositado em uma empresa de Gustavo Perrella, filho do senador.

    As informações são de reportagem do UOL.

    Confira na íntegra o comunicado oficial de Zezé Perrella:

    Caros amigos (as) conselheiros (as),

    Manifesto a vocês, mais uma vez, a minha indignação por tudo que tem acontecido através de pessoas que se escondem atrás do anonimato das redes sociais e pequena parte da imprensa, cujo único objetivo é destruir reputações.

    Ressalto o "pequena parte" da imprensa porque, obviamente, os maus profissionais são poucos, mas existem e vivem mais de sensacionalismo do que da verdadeira notícia; mais dos boatos do que da realidade dos fatos.

    Em razão destes contratempos resolvi atender aos apelos dos meus filhos e familiares que sofrem junto comigo com tantas inverdades.

    Prometi a eles não me candidatar à Presidência do Cruzeiro Esporte Clube, que é minha outra grande paixão.

    Tenho que pensar também naqueles que tanto sofrem com tudo isso e são minha razão de viver e meu maior orgulho.

    Dediquei 20 anos da minha vida a serviço do nosso querido clube e acho que já dei minha contribuição: foram diversos títulos, investimentos em infra estrutura e elevação do nome do Cruzeiro a uma grande potência do cenário internacional, que fez do nosso time uma equipe temida como adversário de qualquer um.

    Àqueles que esperavam minha volta digo que não serei candidato, mas continuarei, como sempre, à disposição do Cruzeiro, seja com minha experiência como dirigente, seja como parlamentar.

    Na oportunidade, comunico que nosso grupo lançará a candidatura dos jovens SÉRGIO SANTOS RODRIGUES e GIOVANNI BARONI à eleição Presidencial, que, junto a um terceiro nome que será escolhido dentre nossos pares, comporão a nossa já conhecida chapa "TRÍPLICE COROA".

    A eles peço o voto e empenho pois certamente são as pessoas certas para trilhar o caminho de conquistas que construímos, tanto dentro quanto fora de campo.

    Como disse, não pretendo em momento algum me ausentar do Cruzeiro, sempre presente em meu coração e para quem sempre trabalharei.

    Com a eleição da nossa chapa eu, meu irmão Alvimar e todos aqueles que caminham conosco estarão sempre presentes para ajudar o Cruzeiro em todas as frentes.

    Continuo, ainda, à disposição de vocês, amigos Conselheiros, com as portas do meu gabinete e da minha casa sempre abertas. A vocês sou muito grato por terem me proporcionado uma das grandes alegrias da minha vida que foi ser Presidente do Cruzeiro.

    Obrigado por tudo e conto com vocês na eleição da nossa chapa "TRÍPLICE COROA" em outubro deste ano.

    SOMOS TODOS CRUZEIRO!

    Fraterno abraço,

    Zeze Perrella.

     - A Prefeitura de Montes Claros, através da Secretaria Municipal de Esportes e Juventude, irá promover, a partir do dia 14 de agosto, a 1ª Copa MCTC (Montes Claros Tênis Clube) de Futsal Escolar. -

     

     Entre os objetivos da Copa, estão o fomento da prática esportiva com fins educativos e o desenvolvimento dos talentos esportivos da cidade. Poderão competir alunos-atletas nascidos nos anos de 2003, 2004 e 2005, regularmente matriculados nas redes municipal, estadual e particular de ensino. As inscrições serão feitas até o dia 30 de junho na secretaria do Montes Claros Tênis Clube, em horário comercial.

    A Copa será realizada em quatro etapas, contemplando as categorias masculina e feminina:

    1ª Etapa: Escolas Municipais (14 a 31 de agosto)
    Geraldo Magela2ª Etapa: Escolas Estaduais (11 a 29 de setembro)
    3ª Etapa: Escolas Particulares (16 a 27 de outubro)
    4ª Etapa: Copa dos Campeões – finais entre as duas melhores equipes de cada segmento escolar (6 a 10 de novembro)

    Segundo Geraldo Magela Durães, técnico de futsal do MCTC, a criação da Copa é muito importante para a classe estudantil de Montes Claros, uma vez que o JEMG (Jogos Escolares de Minas Gerais) se encerra em agosto, deixando um vácuo de competições esportivas no segundo semestre.

    A realização da 1ª Copa MCTC de Futsal Escolar terá o apoio das secretarias municipais de Educação e Saúde, da Guarda Municipal, Ascom, OAB, Polícia Militar, Superintendência Regional de Ensino e Sindicato das Escolas Particulares do Norte de Minas
    Ascom - Prefeitura de Montes Claros

     - Prefeito de Montes Claros assinou ordem de serviço para construção de um Complexo Esportivo e Centro de Convenções da Educação -

     - O prefeito Humberto Souto, assinou ordem de serviço para construção de um complexo esportivo na região do bairro Delfino Magalhães, contando com ginásio com quadra multiuso para a prática de diversos esportes e com pistas de atletismo e salto. Os recursos serão de cerca de R$ 4.950.000,00, sendo R$ 3.500.000,00 oriundos de recursos federais e R$ R$ 1.450.000,00 de recursos do tesouro municipal. A previsão do término da obra é de nove meses. Durante a assinatura da ordem de serviço o prefeito explicou que a obra é projetada para fazer parte do complexo do Mocão.

    “As negociações estão adiantadas para isso, pois o governador já demonstrou interesse em executar uma grande obra em Montes Claros, que seria o Mocão. Este complexo esportivo que estou autorizando a construção neste momento deverá fazer parte deste complexo total do Mocão, se a obra futura do estádio for viabilizada. Este convênio iria vencer em junho e se a Prefeitura não desse continuidade, tudo o que já foi feito seria perdido. Este será um espaço importante, para uma região importantíssima da cidade”, explicou.

    O prefeito também falou sobre o início das obras do Centro de Convenções da Educação, que será construído na Avenida Sidney Chaves. Humberto Souto explicou que muitos recursos já foram investidos nesta obra e que tudo estaria perdido se não houvesse continuidade.

    “Os recursos são oriundo de uma verba que eu viabilizei quando era deputado em 2007. Parte já foi investido, mas a não conclusão da obra mostra o descaso das administrações, que não deram continuidade às obras. Nós estamos fazendo diferente e vamos retomar essa construção, pois é preciso compromisso com os recursos públicos”, disse o prefeito, que também anunciou que parte desses recursos deverão ser usados para a abertura de uma Avenida que irá desafogar o trânsito da Avenida João XXIII.

    Durante a assinatura da ordem de serviço, o secretário de Esportes, Igor Dias, destacou a necessidade dessas obras. “O complexo esportivo é de suma importância para a cidade. Na organização de eventos simples, como o JEMG, enfrentamos grandes dificuldades. Este local vai suprir esta lacuna”, afirmou.

    Fonte: Ascom - Prefeitura de Montes Claros

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper