Montes Claros terá feira livre de produtos orgânicos

     - A população de Montes Claros poderá adquirir a partir do dia 15 de junho, frutas, legumes, verduras e também produtos como bolos e biscoitos, produzidos e cultivados por agricultores familiares, sem o uso de agrotóxicos, através da feira livre de produtos orgânicos que funcionará sempre às quintas-feiras, à noite, na praça Flamarion Wanderley, bairro São José. -

    A iniciativa é da Prefeitura de Montes Claros, através das secretarias de Agricultura e Abastecimento e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, em parceria com a Associação dos moradores do bairro São José, dos agricultores familiares, da Fundação Banco do Brasil e Emater. A Feira será dotada de toda infraestrutura com banheiros químicos e torneiras.

    Para o secretário municipal de Agricultura e Abastecimento de Montes Claros, Osmani Barbosa Neto, a procura por alimentos livres de agrotóxicos tem aumentado entre os consumidores em geral, que têm se preocupado cada vez mais em ter uma alimentação saudável. “Além de consumir produtos mais saudáveis, quem adquirir os alimentos comercializados na Feira de Produtos Orgânicos fomentará a agricultura familiar, além de fazer economia, porque os preços são muito acessíveis”, disse. Osmani informou ainda que a determinação do prefeito é para atender os desejos da população. “O prefeito Humberto Souto pediu para não medir esforços para atender as iniciativas da comunidade, principalmente neste caso que tem o objetivo de valorizar os produtores familiares do município, oferecendo produtos totalmente saudáveis para a população”, explicou.

    Para a presidente da associação dos moradores do bairro São José, Rita Cristina Costa, será criada uma comissão composta por representantes da Secretaria Municipal de Agricultura, da Fundação do Banco do Brasil, da Associação dos moradores do bairro São José e com representantes dos pequenos produtores das comunidades do Planalto Rural e Logoinha, para regularizar a feira e criar seu estatuto. “Estamos regularizando a documentação, mas já está decidido que a feira de produtos orgânicos acontecerá todas as quintas-feiras, das 18 às 21 horas, na praça Flamarion Wanderley, com 25 barracas padronizadas e que cada produtor terá um limite de barracas, para evitar a figura do atravessador”. Explicou Costa. Segundo ela, além das frutas e verduras, serão comercializados doces, biscoitos e outros produtos artesanais.

    Para o agricultor familiar João Simael Ferreira da Silva, a realização da feira de produtos orgânicos irá agregar valores e já está deixando os produtores eufóricos a com a possibilidade de aumentar a produção e valorizar mais seus produtos. “Estamos entusiasmados com esta feira, e eu já estou com medo de não dar conta, devido à demanda que deverá ser grande. Mas se Deus quiser, vamos aumentar nossa produção para atender todo mundo, com preço mais barato e com um ganho maior, pois venderemos diretamente para a população”, explicou o produtor.

    Simael cultiva 20 mil pés de morangos sem o uso de agrotóxicos, mesmo sendo uma planta de baixa resistência a ataques de pragas e doenças. “Eu não uso nem defensivo orgânico, muito menos agrotóxico, que além de envenenar o produto ainda mata tudo, principalmente os passarinhos. Prefiro deixar a bicharada comer, pois ainda sobra muito morango. Até parece que eles fazem é dobrar”, comentou Simael.

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper