Terra volta a tremer em Montes Claros

     - Tremor de terra assusta moradores de Montes Claros, no Norte de Minas -
     Observatório Sismológico de Brasília confirmou que o abalo teve magnitude de 2.1; Corpo de Bombeiros recebeu diversas ligações de moradores de vários bairros.

    Bombeiros fazem vistoria em uma casa no Bairro Sumaré (Foto: Natália Jael/ Inter TV)

    Por Marina Pereira e Juliana Peixoto, G1 Grande Minas

    Um tremor de terra assustou moradores de Montes Claros, no Norte de Minas, na manhã desta quarta-feira (6). O Observatório Sismológico de Brasília confirmou que o abalo teve magnitude de 2.1.

    “Os sensores que detectaram o evento estão em Montes Claros, Januária e Diamantina e têm distâncias de até 300 km entre eles. Ainda iremos receber os dados de duas estações do Núcleo de Estudos de Sismologia da Unimontes, mas já podemos aferir de forma preliminar porque os dados foram detectados por outras estações”, disse o professor Juraci Mário de Carvalho, do Observatório Sismológico da UnB.
    Uma equipe da Unimontes está fazendo um levantamento nas estações instaladas no município na manhã desta quarta-feira (6). “A cidade inteira sentiu. Pelo relato da população podemos afirmar que houve o tremor, porém estamos indo nas estações coletar dados para confirmar e a partir daí calcular magnitude através de instrumento”, esclareceu Maykon Fredson Ferreira, analista do núcleo de sismologia da Unimontes.
    O Corpo de Bombeiros afirmou que recebeu diversas ligações de moradores de vários bairros relatando que sentiram o tremor. Os militares fizeram uma vistoria em uma casa no Bairro Sumaré, onde houve relatos de rachaduras no imóvel.

    Moradores afirmam que a rachadura na parede aumentou depois do tremor (Foto: Raquel de Oliveira Souza)

    “Tinha apenas um rachadinho na parede e depois do tremor o buraco aumentou e apareceram rachaduras em outros locais. O meu pai que mora no imóvel e eu moro em uma casa nos fundos. A sensação do tremor foi muito forte, até o meu cachorro se assustou e ficou agitado”, conta Raquel de Oliveira Souza.

    Após a vistoria, os bombeiros constataram que as rachaduras eram atingas e não tinha queda de telhado e nem porta empenada, que demonstrassem fenda recente. "Orientamos aos moradores a ficarem atentos e qualquer alteração, voltar a nos ligar. Mas, nesse primeiro momento, não foi necessário sair de casa", explicou o Sargento Cleiton Rodrigues.
    A auxiliar administrativa Debora Soares Fonseca mora na região Leste da cidade e diz que acordou com o barulho do tremor."Na hora a gente sempre assusta, dá uma sensação ruim. Eu já tinha sentido outras vezes e esse foi bem forte. Meu cachorro também se assustou e barulhou bastante", relata.
    Em abril deste ano, um abalo sísmico de magnitude de 1,6 na escala Richter foi registrado na cidade, segundo o Observatório Sismológico de Brasília. Na época, nenhuma ocorrência foi registrada em função do tremor.

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper