Quase tudo pronto para 22ª edição da Fenics

     - Feira reúne 250 estandes, com expositores de vários segmentos -

     A organização da 22ª Feira Nacional da Indústria Comércio e de Serviços de Montes Claros (Fenics) cuida dos últimos detalhes do evento, que começa nesta quinta-feira (14). A infraestrutura de estandes está quase pronta para quatro dias de negócios intensos, de 14 a 17 de setembro, no Parque de Exposições João Alencar Athayde.

    A Associação Comercial Industrial e de Serviços de Montes Claros (ACI) – e a Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG Regional Norte), co-realizadora, estão juntas para fomentar novos negócios e explorar nichos de mercado, como energia solar, franquias e qualificação profissional.

    A feira é multissetorial, reúne cerca de 250 estandes, com expositores de vários segmentos: indústria, comércio, veículos, moda, beleza, educação, tecnologia, construção civil, artesanato, saúde, transporte, turismo terão a companhia dos espaços franquias e energia solar – duas grandes novidades da Fenics.

    O presidente da ACI, Newton Figueiredo, destaca que em comparação ao ano passado, a Feira foi ampliada em 30% para 2017, e que para essa edição é esperado cerca de 80 mil pessoas, durante os quatro dias de evento. “A Fenics vai gerar até 300 empregos diretos e indiretos, negócios prospectados a curto e médio prazo na ordem de 100 milhões de reais. A feira é uma cadeia produtiva do turismo de negócios e eventos, com impacto em hotéis, restaurantes, bares, transporte, gráficas, agências de propaganda, decoração e paisagismo, artistas entres outros”, destaca presidente da ACI em entrevista nessa segunda-feira (11).

    Leonardo Oliveira, analista do Sebrae, comenta que “uma feira é uma injeção de ânimo na economia, por isso, o Sebrae faz questão de ser parceiro. O empresário também deve buscar parcerias e intensificar o relacionamento com os demais expositores, visitar todos os estandes, distribuir cartões, enfim, tudo pode gerar negócios. Ter uma equipe preparada é essencial neste momento, uma oportunidade única. Ainda bem que temos a Fenics pelo menos uma vez por ano, porque o ideal seria o evento acontecer mais vezes para fortalecer a economia regional”, afirmou.

    Rilder Soares, biomédico do Laboratório Santa Clara, conta que a empresa está na feira sempre com uma proposta nova. “Nossa curva de resultados é sempre ascendente. Em uma ação para divulgar o exame de exame de sangue PSA, por exemplo, tivemos uma equipe bem preparada para divulgar o tema sobre a prevenção do câncer de próstata de forma lúdica. Ao final, 450 pessoas ganharam um voucher com desconto e destas, 330 foram ao laboratório fazer o procedimento no mesmo mês”, relatou.

    Do setor educacional, Lincoln Wagner, destaca que as estratégias para atrair o público nunca se esgotam. “A gente leva robô que conversa com as pessoas, projetos inovadores, tudo o que for possível para interagir com o público. A Fenics para nós é negócio, acredito que quem não se comunica é esquecido. Em 2016, lançamos um projeto que se transformou numa startup com grande repercussão em nível nacional, a partir de contatos realizados na feira”, afirmou.

    Via Alana Freitas - Jornal Gazeta

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper