Médicos fantasmas estão com os dias contados

     - Prefeitura abre processo contra vários médicos -

     A Prefeitura de Montes Claros pode expulsar 12 médicos acusados de não cumprirem o horário de trabalho, conforme Processo Administrativo Disciplinar, divulgado no Diário Oficial do Município de ontem, pelo controlador geral do município, William César Rocha. No total, foram abertos 28 processos de diversos servidores em várias áreas. O curioso é que ontem de manhã a Câmara Municipal aprovou o projeto encaminhado pelo prefeito Humberto Souto, o qual permite que os médicos especialistas possam atender pacientes do SUS em seus consultórios ou clínicas. Um dos ítens permite que a Procuradoria Municipal negocie as medidas que poderiam ser tomadas contra os médicos que participaram da greve e ficaram sem trabalhar.

    Muitos médicos ficaram sem trabalhar por falta de local, como é o caso de 15 oftalmologistas contratados para atender no Hospital Alpheu de Quadros, mas no local tinha apenas dois consultórios com equipamentos.

    Na reunião da Câmara Municipal, de ontem, os vereadores aprovaram sob protesto o projeto do prefeito Humberto Souto para permitir que os médicos especialistas atendam os pacientes do SUS em seus consultórios ou clínicas. O assunto gerou muita polêmica e somente foi decidido quando o vereador Aldair Fagundes, que tem atuado como porta voz do prefeito, alertou aos vereadores que a reprovação do projeto deixaria muitos pacientes sem os exames especializados e que, além disso, estava dando a oportunidade do médico acatar a proposta. O médico Marlon Bicalho foi contra a proposta, pois afirma que os médicos devem atender nos bairros. Os médicos tinham votado contra a proposta, mas a posição deles foi desconsiderada pelos vereadores.

    SALÁRIOS - A Prefeitura de Montes Claros começou a pagar na segunda-feira nova etapa de pagamento de rescisões e salários referentes a dezembro de 2016, para quem direito a receber até R$6 mil. Serão contemplados 56 ex-servidores. As rescisões deverão ser assinadas na Central de Atendimento ao Servidor, no prédio da Prefeitura e o pagamento será efeituado no dia 25 de setembro. O secretário de Planejamento e Gestão, Cláudio Rodrigues, esclarece que os pagamentos mostram a organização nas contas do município.

    Por Girleno Alencar - Jornal Gazeta

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper