Monte Alto agora é comunidade quilombola

     Montes Claros tem a primeira comunidade rural reconhecida como comunidade remanescente de quilombo

     Uma grande festa foi realizada na sexta-feira, 24, na comunidade rural de Monte Alto. O motivo da comemoração foi a conquista da certificação que reconhece a comunidade como remanescente de quilombo. A cerimônia foi iniciada com uma Missa. Logo após, houve o descerramento da placa que confere o título à comunidade.

    O reconhecimento de Monte Alto como remanescente de quilombo veio da Fundação Cultural Palmares, vinculada ao Ministério da Cultura, que por meio da Portaria nº 267 reconheceu a primeira comunidade quilombola de Montes Claros. Representando o município, participaram da cerimônia membros da Secretaria Municipal de Educação, da Secretaria de Agricultura, e da Secretaria de Desenvolvimento Social, que conduziu todo o processo para que a comunidade alcançasse a titularidade.

    A partir deste reconhecimento, Monte Alto poderá pleitear uma série de recursos em diversas áreas do Governo Federal, o que deverá alavancar o desenvolvimento e a valorização cultural e social da comunidade. Durante a cerimônia, a diretora de Políticas Sociais do Município, Aparecida Andrade, destacou a luta desempenhada por todos da Secretaria. “Este é só o começo da luta, pois agora se inicia a luta por melhorias para a comunidade. Lutaremos ainda mais para que grandes coisas se iniciem aqui”, explicou.

    O coordenador de Políticas de Promoção à Igualdade Racial, José Gomes, destacou a importância histórica desse acontecimento para Montes Claros. “Enfim a nossa cidade tem uma comunidade quilombola, um título muito importante para a valorização da cultura negra”, pontuou.

    O presidente da Associação dos Moradores de Monte Alto, Jeremias Ferreira, agradeceu os esforços conjuntos de apoio à comunidade. “O esforço da Administração, através do prefeito Humberto Souto, foi muito importante. Todo o processo ocorreu de forma rápida e essa conquista significa muito para nós”, disse.

    Quem também ficou muito feliz foi o morador Onofre Silva. Para ele, esta conquista reconhece a importância dos negros que fundaram a comunidade. “É um reconhecimento de toda a luta que eles tiveram para construir esse local”, destacou.

    Monte Alto – A origem de Monte Alto remonta ao final do século XIX e início do século XX, quando negros fugitivos de fazendas da região, onde eram mantidos em trabalho escravo, fundaram a comunidade de Furado Grande. No local eles viveram por muito tempo escondidos, até que em 1920 conseguiram um pedaço de terra doado pelo Sr. Manoel Souto, onde se estabeleceram definitivamente e fundaram a comunidade de Furado Redondo. O local passaria a se chamar Monte Alto somente na década de 1980.

    Ascom - Pefeitura de Montes Claros

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper