Sindicato derruba liminar que impedia eleições

     - Por Girleno Alencar - Jornal Gazeta - 

    O Sindicato dos Servidores Públicos de Montes Claros derrubou a liminar que suspendia as suas eleições e ainda determinou a imediata filiação de todos servidores como associados.

    O juiz Richardson Brant acatou o pedido da direção do sindicato e refez sua decisão, cancelando a ação judicial movida por um grupo de servidores. A eleição estava marcada para o dia 28 de fevereiro e 1º de março e foi suspensa no dia 23 de fevereiro, depois que alguns servidores consideraram inadequada. Dois grupos disputam o domínio do Sindicato dos Servidores, que no inicio desse ano recebeu quase R$ 600 mil da contribuição sindical.

    O diretor do Sindicato dos Servidores, Valmore Edi, explica que a entidade mostrou ao juiz Richardson Brant que sua decisão chocava-se com a decisão do juiz Francisco Figueiredo, que indeferiu a ação judicial nos mesmos moldes. Além disso, o caso foi para o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, onde foi apresentado recurso. O Sindicato dos Servidores está aguardando a manifestação do TJMG para saber quais medidas devem ser adotadas e convocar novas eleições. Valmore Edi afirma que é momento de todos servidores se unirem para enfrentar a crise, mas que um grupo quer assumir a direção apenas pelo poder.

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper