Lula dispara e vence em todos cenários

     - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera com 30% das intenções de votos a corrida para 2018, de acordo com pesquisa do Datafolha divulgada no domingo (30) pelo jornal Folha de S. Paulo.

     - Mesmo sendo alvo de um massacre midiático, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disparou em todos os cenários pesquisados pelo Datafolha, alcançando números entre 29% e 31% das intenções de voto no primeiro turno; ou seja: sem um tapetão judicial, que seria a fase 2 do golpe de 2016, com a inabilitação judicial de Lula, ele provavelmente seria eleito presidente pela terceira vez; a pesquisa também revelou o esfacelamento das principais forças golpistas: enquanto candidatos do PSDB, como Aécio Neves, derreteram, Michel Temer se tornou a personalidade política mais odiada do Brasil; no vácuo político, o único que cresceu, além de Lula, foi o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que hoje iria para o segundo turno; ontem, ao participar de um evento em defesa da indústria naval, ao lado do ex-governador Olívio Dutra e da presidente golpeada Dilma Rousseff, Lula se disse pronto para vencer mais uma vez o candidato da GloboO ex-presidente tinha 20% em março de 2016, subiu para 21% em abril do ano passado, 22% em julho, 25% em dezembro e hoje tem 30% das intenções de voto.

    A Folha destaca a resiliência de Lula, que é alvo de bombardeio da velha mídia golpista e da partidarizada Lava Jato.
    O juiz Sérgio Moro também teve sua “popularidade” testada pelo Datafolha. Ele aparece tecnicamente empatado (42 a 40) com o ex-presidente que tanto persegue. Mas a lembrança do nome do magistrado não pode ser confundida com intenção de votos.
    Da mesma forma Marina Silva (REDE) e Jair Bolsonoro (PSC-RJ), igualmente empatados tecnicamente (14 e 5, respectivamente), tende a ter suas candidaturas desmanchadas no ar por defenderem praticamente os mesmos preceitos econômicos de Michel Temer (PMDB).
    Já as candidaturas do PSDB foram praticamente dizimadas pelo levantamento do instituto. O senador Aécio Neves (MG) despencou de 26%, em dezembro de 2015, para míseros 8% nesta pesquisa publicada hoje. O governador de São Paulo Geraldo Alckmin faz feio com 6%, bem como o prefeito paulistano João Dória que, apesar da espuma no Facebook, tem apenas 9%.
    Temer, coitado, fica na laterninha com 2% das intenções de voto.
    O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) aparece em segundo lugar com 5%, dentro da curva, portanto.
    O Datafolha informa que entrevistou 2.781 eleitores, em 172 municípios, na quarta (26) e na quinta (27), antes da greve geral de sexta (28). A margem de erro é de dois pontos percentuais.

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper