PATRULHA FASCISTA AGORA ATACA AMIGO DE LULA

     A mídia raivosa ficou indignada com o meio de transporte usado pelo ex-presidente. E quase foram ao orgasmo ao descobrir que o jatinho pertence a empresa do ex-ministro Walfrido dos Mares Guia. As pesquisas eleitorais recentes, mostrando uma candidatura sólida e viável, aumentaram a urgência de inviabilizar o ex-presidente. E nada como atacar seus amigos e apoiadores

     – A patrulha fascista voltou a atacar nesta quarta-feira. Como aperitivo ao depoimento de Lula ao magistrado de Curitiba, os correspondentes da mídia raivosa se preocuparam com o meio de transporte usado pelo ex-presidente. E quase foram ao orgasmo ao descobrir que o jatinho pertence a empresa do ex-ministro Walfrido dos Mares Guia. Como assim? Alguém em sã consciência pode ajudar esse petralha?

    Na falta de assunto, já que o depoimento de Lula foi mantido em sigilo, correram atrás de Mares Guia como tubarões ávidos por sangue. A pauta mudou.

    Desconhecendo o que já escreveram no passado, quando Mares Guia foi eleito por “Veja” o homem que revolucionou a educação pública brasileira, com direito a páginas amarelas assinada por Marcos Sá Correia, foram buscar pelo em ovo. Esqueceram tudo o que os colunistas de O Globo já escreveram, a começar pelo saudoso Márcio Moreira Alves. Nem lembraram que ele foi o melhor ministro do Turismo do Brasil, conforme o “trade turístico” e lideranças como o prefeito João Dória.

    Jovens jornalistas querendo garantir emprego e veteranos cumpridores da pauta patronal, todos foram buscar enfoque negativo a respeito do dono do avião. O objetivo final, naturalmente, é atingir Lula. O pacto de mídia que destituiu Dilma, quer agora inviabilizar a candidatura do ex-presidente. Eles estão desesperados.

    O ex-ministro, naturalmente, não foi ouvido nas “reportagens”. Que se danem os manuais de redação. Se fosse, provavelmente diria que cede o avião porque gosta do ex-presidente, porque é amigo dele e porque o Brasil melhorou com Lula. Que a pobreza diminuiu, que o emprego cresceu, que as reservas cambiais atingiram o maior nível da história e que o Brasil ficou livre do FMI. Em última instância, que o país passou a ser respeitado internacionalmente.

    Nada disso importa. A narrativa construída pelos grandes grupos de comunicação prevê atacar tudo e todos que se aproximam de Lula. As pesquisas eleitorais recentes, mostrando uma candidatura é sólida e viável, aumentaram a urgência de inviabilizar o ex-presidente. E nada como atacar seus amigos e apoiadores. O alvo, ao fim e ao cabo, tem nome e sobrenome: Luiz Inácio Lula da Silva.

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper