MÍDIA CONSTRÓI NOVA NARRATIVA CONTRA LULA

     SEM PROVAS, MÍDIA GOLPISTA APRESENTOU OUTRA VERSÃO CONTRA O EX-PRESIDENTE: “CULPOU MARISA”

     - O depoimento convincente do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao juiz Sergio Moro frustrou a imprensa familiar brasileira, que se engajou no golpe de 2016 e pretende trabalhar para que Lula seja condenado em segunda instância e impedido de disputar as próximas eleições; como faltaram provas, a estratégia agora é demonizar o ex-presidente, como se ele, sem escrúpulos e sem coração, tivesse atribuído a "culpa" pelo triplex à ex-primeira-dama Marisa Letícia

     – É inegável que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva venceu o debate de cinco horas, na tarde de ontem, com a força tarefa da Lava Jato.

    Isso ficou evidente até mesmo no Jornal Nacional e nos demais noticiários da Globo e da Globonews, que, há mais de dois anos, se lançaram numa cruzada para destruir o ex-presidente Lula, que só serviu para arrasar a economia brasileira.

    Como não surgiu nenhuma prova contra Lula no depoimento de ontem, a imprensa familiar brasileira, assim como páginas de extrema direita no Facebook, como a do MBL, começaram a construir uma nova narrativa.

    A estratégia agora é demonizar o ex-presidente, como se ele, sem escrúpulos e sem coração, tivesse atribuído a "culpa" pelo triplex à ex-primeira-dama Marisa Letícia, falecida recentemente. Essa foi a tônica das manchetes da Folha, do Estado, do Globo e de algumas postagens do MBL.

    A realidade, no entanto, é que Marisa tinha uma cota de um empreendimento, que foi devolvida à OAS, porque o casal não teve interesse em se tornar proprietário do imóvel.

    Ou seja: fora do terreno das provas, a imprensa tentará demonizar Lula por supostas falhas morais.

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper