Deputados ignoraram a corrupção

      GOLPE VENCE MAIS UMA E TEMER ESCAPA DA DENÚNCIA -

    - Rejeitado por mais de 90% dos brasileiros, Michel Temer conseguiu na noite desta quarta-feira, 25, escapar mais uma vez da Justiça depois de gastar R$ 32 bilhões na compra de deputados.

    Para barrar o andamento da acusação, Temer precisava de somar 172 votos, entre "sim", abstenções e ausências de deputados. Dessa forma, a base aliada impediu que a oposição somasse os 342 votos necessários, entre os 513 deputados, para o prosseguimento da denúncia.

    Para a votação ser validada, e não precisar ser feita novamente, ainda é necessário que haja 342 votos na sessão, entre "sim" e "não".

    Leia reportagem do Jornal do Brasil sobre o assunto:

    Coube ao deputado Celso Jacob (PMDB-RJ) o 171º voto, que derrubou nesta quarta-feira (25) a denúncia de organização criminosa e obstrução de Justiça contra o presidente Michel Temer e contra os ministros de Estado Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral), no Plenário da Câmara dos Deputados.

    A ordem da votação por estado é Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Amapá, Pará, Paraná, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Rondônia, Goiás, Distrito Federal, Acre, Tocantins, Mato Grosso, São Paulo, Maranhão, Ceará, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Piauí, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, Bahia, Paraíba, Pernambuco, Sergipe e Alagoas.

    Os deputados que votaram "sim" aprovaram o parecer do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), que recomendou o arquivamento da denúncia, enquanto os deputados que votaram "não" rejeitaram o relatório e foram favoráveis ao prosseguimento da investigação pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

    Confira, abaixo, os canalhas de Minas Gerais que votaram a favor do ladrão Temer

    Ademir Camilo (Pode) – 

    Aelton Freitas (PR) – 

    Bilac Pinto (PR) – 
    Bonifácio de Andrada (PSDB) – 
    Brunny (PR) – 
    Caio Narcio (PSDB) – 
    Carlos Melles (DEM) – 
    Dâmina Pereira (PSL) – 
    Delegado Edson Moreira (PR) – 
    Diego Andrade (PSD) – 
    Dimas Fabiano (PP) – 
    Domingos Sávio (PSDB) – 
    Fábio Ramalho (PMDB) – 
    Franklin (PP) – 
    Leonardo Quintão (PMDB) – 
    Luiz Fernando Faria (PP) – 
    Marcelo Aro (PHS) – 
    Marcos Montes (PSD) – 
    Marcus Pestana (PSDB) – 
    Mauro Lopes (PMDB) – 
    Misael Varella (DEM) – 
    Newton Cardoso Jr (PMDB) – 
    Paulo Abi-Ackel (PSDB) – 
    Raquel Muniz (PSD) – 
    Renato Andrade (PP) – 
    Renzo Braz (PP) – 
    Rodrigo de Castro (PSDB) – 
    Saraiva Felipe (PMDB) – 
    Tenente Lúcio (PSB) – 
    Toninho Pinheiro (PP) – 
    Zé Silva (SD) – 

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper