Te espero no Farol. Por Iran Furtado

     Nos livros de história do futuro, a revolução das panelas terá sido o maior episódio de manipulação coletiva que a corrupção já consegui movimentar. E você, meu amigo, você estava lá, e não era contra a corrupção, nem a favor da lava jato. Porque se fosse, hoje eu teria ouvido suas panelas.

    Te espero no Farol.

    Por Iran Furtado
    Eles apoiaram o Aecio, elas votaram no Aecio, eles fizeram campanha para o Aecio. Quando a seletividade da lava jato começou a vazar os áudios dos corruptos do PT, eles batiam panela, quando Dilma foi massacrada pela Globo (defendendo interesses da Fieb e do grupo político do Aecio) eles fizeram adesivos com Dilma de pernas abertas e colaram nos tanques de gasolina...
    A PF gravou, o MPF (ou Moro) vazaram os áudios de Dilma e eles bateram panela.
    Eles faziam postagens aqui dizendo que Eduardo Cunha era "o malvado favorito". Eles curtiram fotos de Cunha com Aecio e com um guri japonês que mal sabe escrever, a quem eles elegeram como intelectual...
    Eles foram para passeatas de empresas criadas por publicitários, patrocinadas por maus empresários, disfarçada de movimento social, vestiram camisa da seleção e marcharam com Ronaldo "Fenômeno" e Luciano Hulk...
    Agora, um empresário corrupto, totalmente emporcalhado, grava o presidente golpista, que patrocinava, a toque de caixa, um retrocesso de direitos sociais históricos, entrega as gravações ao MPF, elas são entregues a um repórter da Globo, a apresentadora do Jornal Nacional se treme toda enquanto lia a prompter na frente dela... e eles não batem nenhuma panela. Aliás, já fazia tempo que nós não víamos o "Pato", mas hoje basta se olhar no espelho.
    Mas, no dia seguinte, eles aparecem timidamente, nitidamente envergonhados e dizem "somos todos lava jato", "somos todos contra a corrupção".
    Meu amigo, nenhum de nós jamais foi a favor da corrupção. Nenhum de nós jamais teve corrupto de estimação. Por favor, nos respeite como nós respeitamos vocês. Nenhum de nós jamais foi contra as investigações da lava jato. Nós estávamos defendendo a democracia, o devido processo legal, o respeito às garantias constitucionais de qualquer um, inclusive do Aecio.
    Mas, não esqueçam, nós votamos na Dilma. Vocês votaram no Aecio.
    Por gentileza, contém aí as gravações, os helicópteros, os milhões, as citações em delações... e me digam :
    se pudéssemos voltar no tempo, vcs votariam no Aecio ?
    Se pudéssemos voltar no tempo, vocês teriam amassado suas panelas ?
    Eu sei, eu sei... vcs já entenderam.
    Não, vocês não estavam defendendo a lava jato, vocês queriam o Aecio, não deu, vocês colocaram o Temer, fingindo que não entendem o que "É" o PMDB nesse jogo político. Ou talvez vcs sejam mal informados mesmo... não sei.
    Então, vocês têm culpa sim !!!!
    Agora, por gentileza, depositem dois milhões emprestados na minha conta, que eu tenho "umas despesas pra pagar".
    Nos livros de história do futuro, a revolução das panelas terá sido o maior episódio de manipulação coletiva que a corrupção já consegui movimentar. E você, meu amigo, você estava lá, e não era contra a corrupção, nem a favor da lava jato. Porque se fosse, hoje eu teria ouvido suas panelas.
    Agora que está tudo esclarecido, vamos pra rua juntos, ver se fazemos um país melhor. Te espero no Farol.

    * Iran Furtado é professor de direito da UFBa

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper