Planalto faz chantagem e deixa os Marinhos no curé

     - BASE DE TEMER COGITA CPI SOBRE PROPINA DA GLOBO -

     Depois que o empresário argentino Alejandro Burzaco delatou as propinas de US$ 15 milhões – o equivalente a R$ 50 milhões – pagas pela Globo e outros grupos de mídia para adquirir direitos exclusivos de transmissão das Copas do Mundo (leia aqui), a base parlamentar de Michel Temer passou a estudar uma espécie de vingança: trazer o caso para o Brasil e eventualmente abrir até uma CPI no Congresso sobre o caso.

    Seria uma oportunidade para encabrestar a Globo e mantê-la sob rédea curta até o fim do governo Temer, que reúne uma constelação de políticos acusados de corrupção.

    Nesse arranjo mafioso, Temer teria mais tranquilidade para chegar até o fim do mandato que usurpou da presidente Dilma Rousseff.

    As informações sobre a possível CPI foram publicadas pelo jornalista Maurício Lima, na coluna Radar:

    A delação de Alejandro Burzaco em Nova York sobre o caso Fifa repercutiu no Planalto. O governo ficou muito interessado na acusação de que a Globo pagou propina pelos direitos de transmissão de jogos – o que a empresa nega com veemência. Há quem defenda importar o caso, talvez com uma CPI.

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper