Capitão Enéas: manifestação contra a Copasa

    Por: Jô Silva Rodrigues*
    Um grupo de manifestantes que se concentraram de frente a Copasa hoje pela manhã em Capitão Enéas, no Norte de Minas demonstraram indignação com a falta de respeito da Companhia para com os moradores eneapolitanos quanto ao fornecimento de água.
    De acordo com os organizadores, Alexandre Lopes, Kenia Beatriz e Raissa Beatriz Silva este primeiro movimento é para alertar a Companhia de Saneamento e Abastecimento sobre sua responsabilidade quanto à escassez da água e o seu não fornecimento.
    A iniciativa deste manifesto partiu do "Fala Burarama", um grupo de comunicação nas redes sociais e que possui um pouco mais de 150 integrantes. Segundo suas idealizadoras, Raíssa e Kênia, o grupo foi criado para facilitar a comunicação social e apontar as falhas, como esta da Copasa, e buscar solução através de manifestações e movimentos, como este de hoje.
    OPINIÃO
    Ouço e leio algumas postagens onde a maioria dos cidadãos atribuem a culpa ao Poder Público, ao Prefeito, ao Secretário, ao Vereador, enfim, a todos, menos a nós e a "senhora" Copasa.
    Não é a prefeitura que paga minha conta d'água, nem tampouco não é o prefeito quem "corta" a água quando fico sem pagar.
    Se fosse cobrar de prefeitura, deveria ter cobrado do prefeito que assinou o primeiro contrato com a COPASA, até o último, que antecedeu Petrônio Mineiro e autorizou a renovação da concessão.
    Se sou proprietário de uma empresa e esta fornece produtos aos seus clientes, esta minha empresa é obrigada a manter a distribuição. O cliente não pode engolir seco a desculpa de que não tem o produto por isso que não posso te servir. Mas, não deixe da pagar todo mês o fornecimento. E que fornecimento?
    MINISTÉRIO PÚBLICO
    É agora que eu quero a atuação dos brilhantes e competentes Ministério Público. Não, eu não soube, não ouvi nada a respeito de que um grupo de Promotores estivessem preocupados com a escassez da água e a cobrança indevida da Companhia, e saindo a defesa dos cidadãos, dos consumidores.
    Não, os Ilustres querem, na verdade, holofotes da imprensa, principalmente quando o assunto é mídia e política. Para ajudar os colegas Representantes do Ministério Público, a Copasa queridos quer aumentar a taxa de abastecimento e esgoto para a população Mineira, viu?
    Mas, não. Muitos deles preferem ficar atrás de prefeitos e vereadores e agora atrás de mim também, né, por estar falando a verdade. Mas, se tem uma coisa que eu não tenho é MEDO DE EXPRESSAR AQUILO QUE É DEMOCRÁTICO. E que por sinal, é meu direito.
    VEREADORES
    Aos senhores caberiam-lhes convocar em regime de urgência, se assim conceberem o que sugiro, uma audiência pública. Mostrem, no mínimo que aqui em Capitão Enéas tem políticos decentes e que se preocupam, também, com este assunto, que é considerado emergência e sejam Vossas Excelências referências neste país, onde só se fala em crise e nunca ouve-se solução para sair dela.
    COPASA
    Eu conversei agora com o Gerente da Copasa e que corresponde Capitão Enéas e região. Ele garantiu vir na semana que vem e assentar com todos os interessados, na Câmara, para nos ouvir. Eu o propus, inclusive, a ir, se for o caso, para a sede da Associação dos Moradores do Bairro Bela Vista e nos receber lá. O senhor Jurandir se dispôs e aceitou meu convite.
    Se você quer falar com o gerente ou ouví-lo, te convido a deixar seu nome logo abaixo e confirmar presença para quarta feira próxima na sede da Assmobevi.
    Avenida Maria Aparecida, 1.249, Bela Vista. No final desta avenida. Ela é a avenida do Varejão Capitão e da Padaria Capixaba.
    POPULAÇÃO
    E quanto a nós, a Constituição Federal em seu 1º Parágrafo inicia dizendo: "TODO PODER EMANA DO POVO, QUE O EXERCE."
    Não fiquemos calados diante deste monstro que nos consome diariamente, a falta d'água. Não engulamos a famosa desculpa: ISSO NÃO É COMIGO. É mais fácil viver aos prantos, do que abrir a boca pelos quatro cantos em busca de solução. A culpa, na verdade, é minha, sua e de todos nós que permitimos uma estatal nos cobrar aquilo que não nos fornece.
    Foto: Ludimila Ludi

    *Jornalista

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper