Deputada do 'sim, sim, sim' é vaiada em Lontra

    Depois de ter ganhado fama por testemunhar a prisão do marido Rui Muniz (PSB), ex-prefeito de Montes Claros, um dia depois de, em meio a saltos e gestos ter berrado contra a corrupção e pregado suposta probidade ao pronunciar o voto em favor do impeachment de Dilma Rousseff (PT), a deputada federal Raquel Muniz (PSD) sofre novo revés. Foi vaiada em Lontra, interior de Minas, quando discursava no evento em comemoração ao dia da cidade. Não conseguiu pronunciar o seu discurso.

    Em sua página, Raquel disse que havia sido avisada de que pessoas teriam sido contratadas para vaiá-la, mas que ela decidiu falar mesmo assim em respeito às outras pessoas.

    Definitivamente a família não vive um bom momento. O marido não foi reeleito e responde a acusação de improbidade administrativa. Para piorar a situação, Raquel Muniz, que apoiu as impopulares reformas da Previdência e Trabalhista, virou alvo do Sindicato dos Tralhadores na Educação (SindUte) e de populares insatisfeitos com o seu posicionamento na Câmara dos Deputados.

    https://www.youtube.com/watch?v=9CLWL34dLVI#action=share

    via Estado de Minas

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper