Voto de Raquel foi uma reprodução da Escolinha

     - O histerismo da deputada Raquel Muniz, quando votou sim pelo impeachment afirmando que Brasil que tem jeito. E no dia seguinte viu seu marido ser preso por corrupção, foi baseado no personagem Batista, da “Escolinha do Professor Raimundo”

    Entenda por que o vídeo de 1992 da “Escolinha do Professor Raimundo” continua fazendo sucesso na internet até hoje. Trata-se de uma cena do humorístico Escolinha do Professor Raimundo do começo da década de 1990. Nela, o personagem Batista e o docente, interpretado por Chico Anysio, comentam a votação da Câmara dos Deputados na época do ex-presidente Fernando Collor. Para quem acha que o episódio contra Dilma foi novidade, dá uma olhada nesse vídeo abaixo que já foi visto mais de 7 milhões de vezes — o motivo, é claro, é a estranha coincidência entre o discurso de Batista, interpretado pelo ator Eliezer Motta, com o da golpista de Montes Claros, Raquel Muniz.

    Abaixo, segurando uma bandeira do Brasil, a deputada Raquel Muniz (PSD-MG) imitou o humorista Batista, dando pulinhos e gritando “sim, sim, sim...”. Seu voto foi um dos mais caricatos da sessão. No dia seguinte, a Polícia Federal prendeu o seu marido por corrupção. “O meu voto é pra dizer que o Brasil tem jeito, e o prefeito de Montes Claros mostra isso para todos nós com a sua gestão”, bradou Raquel, antes de citar os filhos, a neta e a mãe como justificativas para o voto.

    O ex-prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz, foi preso pela Polícia Federal em função das investigações da ‘Operação Máscara da Sanidade II – Sabotadores da Saúde’.

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper