SECRETÁRIOS DE PIMENTEL DEIXAM CARGOS PARA DISPUTAR ELEIÇÕES

     Macaé Evaristo, professor Neivaldo e Nilmário Miranda (PT), Sávio Souza Cruz (MDB), Ricardo Faria e Wadson Ribeiro (PCdoB)

    Minas 247 - Seis titulares de pastas do primeiro escalão e dois dirigentes de estatais do governo Fernando Pimentel devem deixar os cargos nesta quarta-feira (31). Apesar de o prazo exigido pela Justiça Eleitoral para desincompatibilização terminar em abril, o chefe do executivo estadual antecipou a saída dos nomeados para exigir dos que ficarem dedicação integral. 

    O secretário da Educação, Macaé Evaristo (PT), tentará pela primeira vez disputar uma vaga na Assembleia Legislativa. Também deixam os cargos os deputados estaduais licenciados Sávio Souza Cruz (MDB), da Saúde, e Ricardo Faria (PCdoB), de Turismo, que retornam à Assembleia. 

    Os titulares de Desenvolvimento Agrário, professor Neivaldo (PT), e do Desenvolvimento Integrado e dos Fóruns Regionais, Wadson Ribeiro, do PCdoB, também disputarão uma vaga no Legislativo estadual.

    Nilmário Miranda (PT), secretário de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania, tentará a eleição para deputado federal.

    A condenação do ex-presidente Lula pelo TRF-4 no dia 24 não surpreendeu, não custa repetir. Seguiu-se o modelito recortado em Curitiba com um adendo ou dois a mais, quais sejam o aumento da pena, por unanimidade dos três julgadores, mais a possibilidade de prisão imediata do ex-presidente, tão logo julgados os embargos declaratórios – a menos que a defesa de Lula consiga o efeito suspensivo da pena, o que não parece tão fácil dado o cerco a que estão submetendo o ex-presidente. http://emcimadanoticia.com/index.php/noticias-nacionais/943-pesquisa-aponta-lula-foi-condenado-injustamente

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper