PITACOS – 30.11

    SOLIDARIEDADE NA TRAGÉDIA - Dizem que mineiro só é solidário no câncer. 

    Talvez a frase tenha sido cunhada por algum filósofo anônimo do povo para evidenciar que a solidariedade só se manifesta na humanidade diante de grandes tragédias.

    E tenha usado o substantivo mineiro – em vez de povo - para ornamentar a sua parábola sobre a raridade com que a solidariedade se manifesta entre as gentes de todo o planeta.

    E como é sublime a solidariedade humana.

    E o quanto faz bem ao espírito o saber que existe escondida nas pessoas uma qualidade que as faz sensíveis à dor do semelhante.

    A tragédia da queda do avião na madrugada dessa terça-feira,  29, nas proximidades de Medellín, na Colômbia, que redundou na morte de 71 pessoas, dentre elas, praticamente todo o time do Chapecoense, além de 20 jornalistas esportivos, foi abrandada pela solidariedade humana vinda de todos os recantos do planeta.

    O mundo chorou a morte acidental e estúpida de 71 pessoas.

    O mundo se entristeceu com a violência da morte de um time de futebol brasileiro, que iria disputar no dia seguinte a primeira partida da importante Copa Sul-Americana.

    A civilização mundial é solidária nas tragédias humanas.

    APOIO À CHAPECOENSE - Autoridades de vários países, entidades esportivas e clubes de futebol  dos cinco continentes manifestaram os seus sentimentos e apresentaram suas condolências aos familiares.

    O Atlético de Medellín, adversário da Chapecoense na final  da Copa Sul-Americana, sugeriu à Conmenbol que o time brasileiro seja considerado campeão da competição.

    A CBF adiou a partida final da Copa do Brasil entre Grêmio e Atlético Mineiro, que seria disputa nesta quarta-feira em Porto Alegre.

    Da mesma forma, adiou para o dia 11 de dezembro a rodada final do Brasileirão, que ocorreria no próximo di 4.

    A Chapecoense, que vai enfrentar o Atlético de Minas, poderá contar com a participação de jogadores cedidos por outros clubes brasileiros, que na dirigiram solicitação à CBF nesse sentido.

    Outro pedido feito pelos clubes à entidade máxima do futebol brasileiro é a de que nos próximos três Campeonatos Brasileiro, mesmo que chegue ao Z-4, a Chapecoense não seja rebaixada para a série B.

    Também já está sendo analisado o pedido de vários clubes brasileiros de emprestarem jogadores sem ônus para a Chapecoense para a disputa do Brasileirão de 2017.

    Todas essas ações de fraternidade demonstram o grau de comoção que o sinistro de Medellín provocou no seio da família esportiva brasileira.

    Bola pra frente, Chapecoense!

    À luta, desportistas de Santa Catarina!

    MAIS COMOÇÃO EM MOC – A sociedade montes-clarense ficou ainda mais triste nessa terça-feira, 29, com o prematuro falecimento, aos 75 anos de idade,  do ex-reitor da Universidade Estadual de Montes Claros. Ele ocupou o cargo de abril de 1998 até dezembro de 2002 e comandou o processo de transformação da antiga Fundação Norte Mineira de Ensino Superior (FUNM) na atual Unimontes, efetivada pela Constituição Mineira de 1989.

    José Geraldo Drumond teve complicações decorrentes de um acidente vascular cerebral e de insuficiência. Ele estava internado na Santa Casa. Seu corpo está sendo velado no auditório do prédio (CCBS) da Unimontes. Às 9 horas dessa quarta-feira, 30, haverá uma missa de corpo presente, a ser ministrada pelo padre Alvimar Souza, que é vice-reitor da universidade. O sepultamento está previsto para às 10 horas, no Cemitério do Bonfim.

     

    PRAÇA DE GUERRA – Os jardins frontais do Congresso Nacional transformaram-se na tarde dessa terça, 29, numa autêntica praça de guerra, durante manifestação de estudantes e líderes de movimentos sindicais. Cerca de 12 mil manifestantes faziam um protesto pacifico contra a PEC 55, que limita os gastos do governo pelos próximos 20 anos, quando houve um conflito com a Polícia Militar, que usou, inclusive, a cavalaria para debandar os manifestantes.

    O grupo de manifestantes virou e incendiou alguns carros que estavam estacionados na lateral da Praça da Esplanada, enquanto a PM reagia com as tradicionais bombas de gás lacrimogêneo. No Senado Federal acontecia a votação da PEC 55, que acabou aprovada em primeira votação no princípio da noite. O conflito entre manifestantes prolongou-se até às 20h50, quando a Esplanada dos Ministérios foi liberada pelos policiais militares.

    Mas os manifestantes deram continuidade ao ato na Rodoviária do Plano Piloto, sem a presença das forças policiais.

    CAIXA DOIS DÁ CADEIA

    Na madrugada desta quarta-feira, 30, a Câmara dos Deputados aprovou o pacote de medidas anticorrupção, no qual criminaliza à pratica do chamado caixa dois, com pena de 2 a 5 anos  de prisão. 

    Além da medida que prevê a criminalização do caixa 2, o dispositivo também condena as doações de campanhas recebidas por candidatos ou políticos e não declaradas à Justiça Eleitoral  – o texto original protegia o caixa  2 e os políticos que o utilizavam.

    As discussões se prolongaram até às 4 horas da manhã desta quarta-feira, sendo que agora o texo segue para o Senado. Foram aprovadas modificações polêmicas, como a punição de juízes e membro do Ministério Público por abuso de autoridade.

    Os deputados rejeitaram a  proposta que previa que os acordos de leniência (espécie de delação premiada em que as empresas reconhecem crimes em troca de redução de punição) fossem celebrados pelo Ministério Público.

     ACI COM FOCO NA FENICS - Face ao sucesso acontecido em 2016, quando mais de 60 mil pessoas prestigiaram o evento, a Associação Comercial, em parceria com a Federação das Indústria/Regional Norte, lançaram nesta semana a 22ª edição da Feira Nacional da Indústria e Comércio e de Serviços de Montes Claros, a tradicional Fenics. Estão previstos negócios da ordem de R$ 1 bi durante os dias de feira.

    A Fenics em 2017 está prevista para acontecer entre 14 a 17 de setembro, no Parque de Exposições João Alencar Athayde. Segunda a organização, o layout já está pronto e teve aumento de 10% na área coberta, que será de 10 mil m². A antecipação do lançamento que normalmente acontecia em março se deu pela promoção que a entidade vai lançar durante o evento. Kelington Mota, coordenador da feira e gerente executivo da ACI, explica que “os expositores que fecharem contrato em novembro e dezembro deste ano poderão parcelar o valor em até dez vezes e ainda pagar o valor de 2016 pelo metro quadrado. A partir do ano que vem, o valor deve aumentar”, afirma.

    CADASTRAMENTO ESCOLAR - A Secretaria de Estado da Educação já concluiu o balanço do Cadastramento Escolar do Norte de Minas para 2017. Foram inscritos 169.603 crianças e estudantes que desejam ingressar na rede pública de ensino, estadual e municipal, em 2017. O Cadastramento foi realizado no mês de junho deste ano. Os inscritos terão vaga garantida em uma escola pública próxima de casa para, após a confirmação da matrícula na escola para a qual foi encaminhado.

    Em Montes Claros a matrícula dos escolares ocorrerá no período entre 15 a 16 de dezembro próximo. Antes desse período, os cadastrados ou seus pais deverão procurar os posto de cadastramento ou a Superintendência Regional de Ensino para saberem para qual escola foram encaminhados..

    A secretaria de educação informou que “o candidato que fizer a matrícula dentro do prazo estabelecido terá sua vaga assegurada em uma escola pública próxima à sua residência para a qual ele foi encaminhado por meio do cadastro. Aquele que não se matricular no prazo previsto será encaminhado para uma escola onde houver vaga remanescente”.

    Atenção para os prazos, senhores pais.

    DINHEIRO DA CAIXA - Prefeitos eleitos do Norte de Minas, que tomarão posse em janeiro de 2017, estiveram mantendo reuniões com técnicos da Superintendência Regional da Caixa Econômica Federal, na última sexta-feira,25, no auditório da AMAMS – a fim de conhecerem os programas e linhas de crédito de que podem se valer durante sua gestão nos municípios

    “Foi a primeira rodada de entendimentos para que os chefes de executivos eleitos conheçam o relacionamento entre as prefeituras e a Caixa. Além do Programa Minha Casa Minha Vida, que responde à demanda habitacional nos municípios, há outras áreas estratégias que poderão receber financiamentos, como obras de infraestrutura urbana e de saneamento básico”, destacou o organizador do encontro, deputado Gil Pereira. Ele adiantou que a Caixa, através do programa Bolsa Família, já injeta R$ 50 mi mensais, no Norte de Minas

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper