PITACOS – 03.12

    PREFEITO DO PT GANHA PRÊMIO INTERNACIONAL - Nesta República do Engana-me que eu Gosto, infelizmente, as coisas boas que acontecem em todos os níveis da federação não são badaladas na chamada grande mídia. Exemplo disso pode ser constatado nessa quinta-feira, 1, quando o prefeito de São Paulo Fernando Haddad, que é do PT, recebeu o prêmio “Desafio dos Prefeitos” e ganhou US$ 5 milhões para investir em um projeto de agricultura familiar em Parelheiros, na Zona Sul da capital.

    O evento aconteceu na cidade do México e foi organizado pela Bloomberg Philanthropies, organização do prefeito de Nova Iorque, Michael Bloomberg. A competição, que premia as melhores iniciativas municipais que promovam o desenvolvimento urbano sustentável, contou com 290 cidades selecionadas.

    A capital paulista concorreu com o projeto “Ligue os pontos”, uma plataforma digital que pretende potencializar as políticas públicas relacionadas à cadeia da agricultura local, envolvendo produtores, distribuidores e consumidores.

    Se Haddad não fosse um ativista do PT, o feito, certamente, ganharia aplausos e flores do Palácio do Planalto. Eta que quá!

    REPÚBLICA VIRA BRINCADEIRA – Parece uma gozação, mas não é. O País promove discussões e mais discussões sobre o aumento de gastos públicos; o Rio de Janeiro é o estado que atravessa a maior crise financeira de toda a federação. Mesmo assim, onze funcionários do Tribunal de Contas do Município (TCM) — órgão responsável por fiscalizar as despesas da prefeitura do Rio — tentam convencer os conselheiros da corte a aprovarem uma resolução para que o grupo passe a receber uma série de benefícios. A lista inclui auxílio-moradia de R$ 4.377,73, mesmo para os que moram na cidade, dois meses de férias por ano e a possibilidade de converter em dinheiro as licenças-prêmio a que os servidores têm direito a cada cinco anos de trabalho. 

    Além disso, reivindicam que seus cargos sejam vitalícios, como os dos conselheiros. 

    Em tese, porém, essas benesses só poderiam ser dadas caso os vereadores aprovassem dois projetos de lei encaminhados pelo TCM ao Legislativo em 2014, que ainda não foram votados.

    Mas como vivemos num Brasil onde impera o estado de exceção, tudo é possível.

    IDOSOS PREOCUPAM INSS - Com o aumento da expectativa de vida e a redução da taxa de fecundidade, a fatia de idosos na população brasileira chegou a 14,3% em 2015, segundo dados divulgados nesta sexta (2) pelo IBGE.

    O número representa um crescimento de 46% em relação aos 9,8% verificados em 2005 e reforça o desafio para manter a sustentabilidade do sistema previdenciário, dizem técnicos do instituto.

    Os dados são do estudo Síntese de Indicadores Sociais, elaborado com base em dados da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios).

    As informações são do jornal Folha de São Paulo.

    AGU DESMENTE TEMER - É impressionante como o festival de mentiras assola no Palácio do Planalto e a cada dia faz aumentar o descrédito no governo federal usurpador. Nessa quinta-feira, 1,  coube à própria Advocacia Geral da União desmentir acintosamente o presidente da República golpista, Michel Temer, ao afirmar categoricamente que o problema do edifício La Vue, em Salvador (que redundou na queda de dois Ministros (o da Cultura e o de Governo) não poderia “em nenhuma hipótese”, ser encaminhado pelo IPHAN para aquela instituição.

    Segundo a advogada-geral da União, Grace Mendonça, a orientação neste sentido foi feita pelo presidente Michel Temer ao então ministro da Cultura Marcelo Calero, que entendeu o pedido como uma manobra para que a obra fosse liberada. Por isso mesmo, ele pediu demissão do cargo.

    Há até presidentes da República que ainda não acreditam na máxima popular que diz que “mentira tem pernas curtas”!

    AGRONEGÓCIO ESTÁ INDO PARA O BREJO – Pouca gente do alto escalão do governo federal usurpador vem prestando a atenção devida nos números registrados pelo desempenho econômico do País. Depois, o próprio governo usa a mídia com matérias pagas para dizer que tudo vai bem na economia nacional. Mas não é essa realidade que vem sendo mostrada aos brasileiros: nessa quinta-feira, 1, o jornal virtual Globo publicou notícia evidenciando que o agronegócio vem engrossando os dados negativos do PIB. O jornal lembra que em 2015 o setor ajudou evitar um rombo maior na economia brasileira, mas agora, pela segunda vez em 20 anos, acumula três semestres seguidos de retração e perdeu vagas de trabalho, influenciado pela queda das produções de milho, algodão, laranja e cana-de-açúcar.

    Conforme a mesma fonte a agricultura recuou 6,9% no terceiro trimestre de 2016 frente ao mesmo período do ano passado - segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre o PIB, anunciados nesta quarta-feira (30). Foi o maior tombo para o período desde o início da série histórica do indicador, em 1996.

    ODEBRECHT DEIXA MUNDO POLÍTICO DE ORELHA EM PÉ - Segundo noticiou o jornal virtual do Globo, no final da tarde dessa sexta-feira, 2, todos os 77 executivos da Odebrecht, entre eles Emilio e Marcelo Odebrecht, assinaram os acordos de delação premiada entre quinta-feira e sexta-feira, segundo fontes ligadas à Lava-Jato. A maioria dos acordos foi fechada pela Procuradoria Geral da República (PGR), em Curitiba. Os depoimentos devem começar a ser prestados na próxima semana.

    Até a tarde dessa sexta-feira, sabia-se apenas que mais de 200 políticos estão envolvidos, mas desta feita não ou houve vazamento do que os executivos ainda vão falar. Daí os figurões da República estarem de orelha em pé.

    Advogados ligados ao caso dizem que as informações prestadas para o fechamento dos acordos são “quentes” e devem envolver políticos do cenário nacional. Os depoimentos são aguardados com apreensão no meio político. Há uma estimativa de que cerca de 200 políticos de todos os grandes partidos do país, do governo Michel Temer e da oposição serão denunciados pelos delatores.

    Entre os executivos que finalizaram o acordo de delação também está Pedro Novis, ex-diretor da empreiteira entre 2002 e 2009. Ele sucedeu a Emílio Odebrecht no comando da empresa e, depois, passou o bastão a Marcelo Odebrecht. Com isso, todos os líderes do grupo entre 1991 e 2015, que tiveram conhecimento sobre os atos da empresa, irão colaborar com a Justiça.

    Maior empreiteira do país, a Odebrecht também finalizou nesta quinta-feira o acordo de leniência que prevê o pagamento de R$ 6,8 bilhões por indenização pelo envolvimento em atos de corrupção. O valor deve ser pago ao longo de 23 anos. A multa será dividida entre Brasil, Estados Unidos e Suíça, os três países envolvidos na negociação. O Brasil receberá a maior parcela.

    A MISÉRIA ESTÁ DE VOLTA - É esse tipo de informação que os jornais e as televisões, de modo geral, devem passar para a sociedade brasileira, a fim de que a opinião pública não seja manipulada pelos dados estatísticos oficiais, que nem sempre espelham a realidade dos fatos. Depois de o País ter sido tirado do Mapa da Miséria, nos últimos anos, o número das famílias na miséria volta a crescer em 2015. Após quatro anos de queda, o percentual de famílias que vivem com menos de ¼ de salário mínimo per capta sobre para 9,2% contra 8% em 2014. É o que mostra a Síntese de Indicadores Sociais (SIS) divulgada nessa sexta-feira, 2, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Conforme a classificação do IPEA, famílias com renda de até ¼ do salário mínimo per capita vivem  na chamada “pobreza extrema”. As famílias  que vivem até com  meio  salário estão  enquadradas na classe de “pobreza absoluta”.

    E tem muita gente boa na República do Engana-me que eu Gosto que bate panelas para  fatos dessa natureza. Como diria um dos personagens do inesquecível humorista Chico Anísio “pobre tem mais é que morrer mesmo”!

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper