REPRESSÃO OFICIALIZADA - Na República do Engana-me que em Gosto da atualidade, implantada por esse governo golpista que usurpou e se instalou no Palácio da Alvorada, está difícil para o cidadão que vive no interior saber a verdade do que se passa na Capital do País. Por exemplo: o que os jornais virtuais disseram na Internet e o que aconteceu realmente na visão de quem esteve presente às manifestações populares contra a PEC 55, na Praça da Esplanada, na tarde dessa terça-feira, 29. 

    Isso pode ser constatado no depoimento feito pelo faceboquista Heleno Corrêa Filho, médico sanitarista e epidemiologista, que presenciou o acontecimento e assim o contou em mensagem postada no Facebook:

    "Não houve vandalismo. Eu estava lá e presenciei provocadores musculosos e barbados bem mais velhos que a meninada dos estudantes. Eles agem como a P2 da PM que tentou quebrar vidraças dos ministérios, virar carros e colocar fogo. Vandalismo é a versão da Globo e dos provocadores da P2 mascarados como se fossem blackblocks. 

    Os meninos secundaristas e universitários que estavam lá não têm tempo de ficar à toa nem comida de cavalo para engordarem daquele jeito. São provocadores. E a versão da Globonews não corresponde aos fatos. A Globo está cheia de ratos. A PM simplesmente atacou os manifestantes que estavam sentados no gramado em frente ao Senado. Jogou bombas de gás lacrimogêneo contra uns dez mil meninos e meninas em sua maioria menores de idade e infiltrou provocadores mascarados para atrair as bombas. 

    Os estudantes do século XXI não têm a experiência dos anos 60 para travar provocadores com seguranças. As meninas corriam apavoradas e os meninos são franzinos perto dos musculosos P2 fantasiados de blackblocks. Do ponto de vista histórico esta é a primeira manifestação pública reprimida com bombas na Esplanada dos Ministérios depois do general Nini do ditador Figueiredo, agora sucedido pelo novo ditador misterforatemer, o Pequeno. Nos últimos 32 anos (desde 1984) nenhuma manifestação pública foi agredida por jagunços fardados na Esplanada dos Ministérios. Antigamente, os opressores pelo menos resguardavam as aparências. Hoje, nem isso fazem mais.”

     

    GOLPE CRUEL - Para a bancada do PT no Senado, a aprovação da PEC 55, em primeiro turno, na noite dessa terça-feira, 29, “constitui-se num golpe cruel contra os direitos fundamentais inscritos na Constituição Cidadã de 1988” e colocará a política fiscal fora do alcance democrático do voto popular por duas décadas, reduzirá substancialmente os investimentos em saúde, educação, assistência social, previdência e outras áreas estratégicas para o futuro do Brasil e o bem-estar de sua população".

    Contra a votação, um grupo de estudantes e integrantes de movimentos sociais protestaram em frente ao Congresso Nacional e foram reprimidos pela polícia, gerando um confronto que deixou Brasília em cena de guerra.

     

    PAES – O CAMINHO MAIS FÁCIL PARA A UNIVERSIDADE - O Programa de Avaliação Seriada para Acesso ao Ensino Superior, da Universidade Estadual de Montes Claros, ainda permanece como o caminho mais fácil para o estudante garantir a sua vaga num curso superior naquela casa de ensino. Isso explica o porquê de tantos candidatos inscritos para as provas do PAES deste ano – 13 mil candidatos -. Os testes seráO aplicados no dia 11 de dezembro, em salas da própria Unimontes, sendo a parte matutina reservada para os candidatos das duas primeiras séries do ensino médio e a parte vespertina para os candidatos da chamada terceira etapa (3º ano do ensino médio), que são os candidatos que efetivamente disputam as vagas oferecidas pela Unimontes em 2017.

    Para 2017, a Unimontes oferece 755 vagas em 67 cursos de graduação ministrados em seus 12 campi e nos polos avançados nas regiões Norte, Noroeste e Central de Minas e no Vale do Jequitinhonha. As vagas contemplam os cursos das áreas de Administração, Agronomia, Artes/Música, Artes/Visuais, Artes/Teatro, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Ciências da Religião, Ciências Econômicas, Ciências Sociais, Direito, Educação Física, Enfermagem, Engenharia Civil, Engenharia de Sistemas, Filosofia, Física, Geografia, História, Letras/Espanhol, Letras/Inglês, Letras/Português, Matemática, Medicina, Odontologia, Pedagogia, Química, Serviço Social, Sistemas de Informação, Tecnologia em Gestão Pública, Tecnologia em Agronegócio e Zootecnia.

    TURISMO NO PERUAÇU - Uma notícia das mais alvissareiras para os amantes do turismo no Norte de Minas: o Sebrae/Minas realiza, gratuitamente, nesta quinta, 1, e na sexta-feira, 2, o II Seminário de Turismo Sustentável de Itacarambi. As atividades serão realizadas no Clube Recreativo da cidade.

    O evento, fruto da parceria do Sebrae/Minas com a prefeitura, é direcionado a toda comunidade, especialmente gestores públicos, entidades de classes, empresários e lideranças comunitárias ligadas à cadeia produtiva do turismo. Outro objetivo do seminário visa mostrar aos participantes as oportunidades do turismo na região de Itacarambi, que tem entre suas riquezas turísticas o Parque Nacional Caverna do Peruaçu. 

    Vale a pena prestigiar o evento.

    E AGORA TEMER? - Essa notícia foi publicada na edição dessa quarta-feira, 30.11, do Estadão e merece replay: - “O procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima, da força-tarefa da Operação Lava Jato, afirmou nesta quarta-feira, 30, que caso o novo projeto anticorrupção aprovado pelo plenário da Câmara seja sancionado pelo presidente Michel Temer, a ‘proposta é de renunciar coletivamente’. 

    Os deputados federais aprovaram na madrugada pelo menos 11 mudanças no texto do projeto de medidas de combate à corrupção, que havia sido aprovado na comissão especial, na semana passada.

    “Nós somos funcionários públicos, temos uma carreira no Estado e não estaremos mais protegidos pela lei. Se nós acusarmos, nós poderemos ser acusados. Nós podemos responder inclusive pelo nosso patrimônio. Não é possível em nenhum Estado de Direito que não se protejam promotores e procuradores contra os próprios acusados. Nossa proposta é de renunciar coletivamente caso essa proposta venha a ser sancionada pelo presidente”, disse Santos Lima.

    CHANTAGEM - Para o deputado Paulo Pimenta (PTRS) a ameaça dos integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato de renunciarem ao cargo caso o presidente Temer sancione o projeto anticorrupção, aprovado na madrugada dessa quarta-feira, 30, em plenário, pela Câmara dos Deputados, é uma “chantagem” que eles estão fazendo ao Legislativo e ao Executivo do País.

    "Todos sem exceção são iguais perante a lei", diz Pimenta, lembrando que a decisão da Câmara é "soberana". Entidades do setor Judiciário criticaram duramente a inclusão, pelos deputados, da proposta do abuso de autoridade no pacote das dez medidas contra a corrupção, proposta pelo Ministério Público à Câmara.

    "O juiz deve responder como cidadão. Nós não vamos aceitar uma tentativa de chantagem em relação ao Congresso Nacional", afirma ainda Pimenta. "Nós não vamos recuar. Há um sentimento da sociedade que está cansada da corrupção, é verdade, mas também está cansada de privilégios", diz. "Ninguém está acima da lei, essa é a hora de o Brasil fazer justiça", finaliza.

    PF GANHA TERRENO - Se depender da Prefeitura, a Delegacia de Polícia Federal terá sede própria em Montes Claros, para melhorar a prestação de serviços à sua extensa área de atuação na região. É que o prefeito José Vicente, do PMDB, assinou, na manhã dessa segunda-feira, 28, Projeto de Lei que visa à cessão de uso de um terreno para a PF viabilizar o projeto. A Delegacia funciona em prédio alugado na Rua Coração de Jesus, nas proximidades da Prefeitura.

    De acordo com o delegado Marcelo Freitas, a construção da sede própria é um sonho antigo da instituição e a cessão do terreno representa um primeiro passo para a criação “de um novo cenário para a Polícia Federal na região”. 

    ODEBRECHT PÕE FOGO NO CIRCO - Interessante: alguns leitores da coluna Pitacos já estavam questionando o sumiço das notícias sobre a Deleção Premiada dos diretores da Odebrecht quando, nessa quarta-feira, 30, no mesmo dia em que procuradores da Lava Jato ameaçaram renunciar, em represália ao pacote da Câmara que prevê punições a juízes e procuradores, vazaram trechos de uma das delações da Odebrecht, que tem potencial para aniquilar o líder do governo Temer, senador Romero Jucá (PMDB-RR).

    As informações constam de reportagem do jornalista Severino Motta, do DCM, que narra a certa altura: "Segundo o delator Cláudio Melo Filho, ex-diretor da Odebrecht em Brasília, Jucá, que era chamado de "Índio", recebeu R$ 22 milhões que posteriormente eram divididos com outros caciques do PMDB, no caso, Renan e Eunício.”

    Ainda de acordo com o mesmo delator - diz a reportagem –

    o grupo atuou, por exemplo, na tramitação da 'MP do Bem', no projeto de resolução que tratou da chamada 'Guerra dos Portos', em matérias tributárias, de fornecimento de energia para grandes consumidores do Nordeste, entre outros temas."

    Pelo andar da carruagem, as Delações Premiadas da Odebrecht, se autorizadas pelo STF, vão colocar fogo no circo da corrupção na República do Engana-me que eu Gosto.

    SOLIDARIEDADE NA TRAGÉDIA - Dizem que mineiro só é solidário no câncer. 

    Talvez a frase tenha sido cunhada por algum filósofo anônimo do povo para evidenciar que a solidariedade só se manifesta na humanidade diante de grandes tragédias.

    E tenha usado o substantivo mineiro – em vez de povo - para ornamentar a sua parábola sobre a raridade com que a solidariedade se manifesta entre as gentes de todo o planeta.

    E como é sublime a solidariedade humana.

    E o quanto faz bem ao espírito o saber que existe escondida nas pessoas uma qualidade que as faz sensíveis à dor do semelhante.

    A tragédia da queda do avião na madrugada dessa terça-feira,  29, nas proximidades de Medellín, na Colômbia, que redundou na morte de 71 pessoas, dentre elas, praticamente todo o time do Chapecoense, além de 20 jornalistas esportivos, foi abrandada pela solidariedade humana vinda de todos os recantos do planeta.

    O mundo chorou a morte acidental e estúpida de 71 pessoas.

    O mundo se entristeceu com a violência da morte de um time de futebol brasileiro, que iria disputar no dia seguinte a primeira partida da importante Copa Sul-Americana.

    A civilização mundial é solidária nas tragédias humanas.

    APOIO À CHAPECOENSE - Autoridades de vários países, entidades esportivas e clubes de futebol  dos cinco continentes manifestaram os seus sentimentos e apresentaram suas condolências aos familiares.

    O Atlético de Medellín, adversário da Chapecoense na final  da Copa Sul-Americana, sugeriu à Conmenbol que o time brasileiro seja considerado campeão da competição.

    A CBF adiou a partida final da Copa do Brasil entre Grêmio e Atlético Mineiro, que seria disputa nesta quarta-feira em Porto Alegre.

    Da mesma forma, adiou para o dia 11 de dezembro a rodada final do Brasileirão, que ocorreria no próximo di 4.

    A Chapecoense, que vai enfrentar o Atlético de Minas, poderá contar com a participação de jogadores cedidos por outros clubes brasileiros, que na dirigiram solicitação à CBF nesse sentido.

    Outro pedido feito pelos clubes à entidade máxima do futebol brasileiro é a de que nos próximos três Campeonatos Brasileiro, mesmo que chegue ao Z-4, a Chapecoense não seja rebaixada para a série B.

    Também já está sendo analisado o pedido de vários clubes brasileiros de emprestarem jogadores sem ônus para a Chapecoense para a disputa do Brasileirão de 2017.

    Todas essas ações de fraternidade demonstram o grau de comoção que o sinistro de Medellín provocou no seio da família esportiva brasileira.

    Bola pra frente, Chapecoense!

    À luta, desportistas de Santa Catarina!

    MAIS COMOÇÃO EM MOC – A sociedade montes-clarense ficou ainda mais triste nessa terça-feira, 29, com o prematuro falecimento, aos 75 anos de idade,  do ex-reitor da Universidade Estadual de Montes Claros. Ele ocupou o cargo de abril de 1998 até dezembro de 2002 e comandou o processo de transformação da antiga Fundação Norte Mineira de Ensino Superior (FUNM) na atual Unimontes, efetivada pela Constituição Mineira de 1989.

    José Geraldo Drumond teve complicações decorrentes de um acidente vascular cerebral e de insuficiência. Ele estava internado na Santa Casa. Seu corpo está sendo velado no auditório do prédio (CCBS) da Unimontes. Às 9 horas dessa quarta-feira, 30, haverá uma missa de corpo presente, a ser ministrada pelo padre Alvimar Souza, que é vice-reitor da universidade. O sepultamento está previsto para às 10 horas, no Cemitério do Bonfim.

     

    PRAÇA DE GUERRA – Os jardins frontais do Congresso Nacional transformaram-se na tarde dessa terça, 29, numa autêntica praça de guerra, durante manifestação de estudantes e líderes de movimentos sindicais. Cerca de 12 mil manifestantes faziam um protesto pacifico contra a PEC 55, que limita os gastos do governo pelos próximos 20 anos, quando houve um conflito com a Polícia Militar, que usou, inclusive, a cavalaria para debandar os manifestantes.

    O grupo de manifestantes virou e incendiou alguns carros que estavam estacionados na lateral da Praça da Esplanada, enquanto a PM reagia com as tradicionais bombas de gás lacrimogêneo. No Senado Federal acontecia a votação da PEC 55, que acabou aprovada em primeira votação no princípio da noite. O conflito entre manifestantes prolongou-se até às 20h50, quando a Esplanada dos Ministérios foi liberada pelos policiais militares.

    Mas os manifestantes deram continuidade ao ato na Rodoviária do Plano Piloto, sem a presença das forças policiais.

    CAIXA DOIS DÁ CADEIA

    Na madrugada desta quarta-feira, 30, a Câmara dos Deputados aprovou o pacote de medidas anticorrupção, no qual criminaliza à pratica do chamado caixa dois, com pena de 2 a 5 anos  de prisão. 

    Além da medida que prevê a criminalização do caixa 2, o dispositivo também condena as doações de campanhas recebidas por candidatos ou políticos e não declaradas à Justiça Eleitoral  – o texto original protegia o caixa  2 e os políticos que o utilizavam.

    As discussões se prolongaram até às 4 horas da manhã desta quarta-feira, sendo que agora o texo segue para o Senado. Foram aprovadas modificações polêmicas, como a punição de juízes e membro do Ministério Público por abuso de autoridade.

    Os deputados rejeitaram a  proposta que previa que os acordos de leniência (espécie de delação premiada em que as empresas reconhecem crimes em troca de redução de punição) fossem celebrados pelo Ministério Público.

     ACI COM FOCO NA FENICS - Face ao sucesso acontecido em 2016, quando mais de 60 mil pessoas prestigiaram o evento, a Associação Comercial, em parceria com a Federação das Indústria/Regional Norte, lançaram nesta semana a 22ª edição da Feira Nacional da Indústria e Comércio e de Serviços de Montes Claros, a tradicional Fenics. Estão previstos negócios da ordem de R$ 1 bi durante os dias de feira.

    A Fenics em 2017 está prevista para acontecer entre 14 a 17 de setembro, no Parque de Exposições João Alencar Athayde. Segunda a organização, o layout já está pronto e teve aumento de 10% na área coberta, que será de 10 mil m². A antecipação do lançamento que normalmente acontecia em março se deu pela promoção que a entidade vai lançar durante o evento. Kelington Mota, coordenador da feira e gerente executivo da ACI, explica que “os expositores que fecharem contrato em novembro e dezembro deste ano poderão parcelar o valor em até dez vezes e ainda pagar o valor de 2016 pelo metro quadrado. A partir do ano que vem, o valor deve aumentar”, afirma.

    CADASTRAMENTO ESCOLAR - A Secretaria de Estado da Educação já concluiu o balanço do Cadastramento Escolar do Norte de Minas para 2017. Foram inscritos 169.603 crianças e estudantes que desejam ingressar na rede pública de ensino, estadual e municipal, em 2017. O Cadastramento foi realizado no mês de junho deste ano. Os inscritos terão vaga garantida em uma escola pública próxima de casa para, após a confirmação da matrícula na escola para a qual foi encaminhado.

    Em Montes Claros a matrícula dos escolares ocorrerá no período entre 15 a 16 de dezembro próximo. Antes desse período, os cadastrados ou seus pais deverão procurar os posto de cadastramento ou a Superintendência Regional de Ensino para saberem para qual escola foram encaminhados..

    A secretaria de educação informou que “o candidato que fizer a matrícula dentro do prazo estabelecido terá sua vaga assegurada em uma escola pública próxima à sua residência para a qual ele foi encaminhado por meio do cadastro. Aquele que não se matricular no prazo previsto será encaminhado para uma escola onde houver vaga remanescente”.

    Atenção para os prazos, senhores pais.

    DINHEIRO DA CAIXA - Prefeitos eleitos do Norte de Minas, que tomarão posse em janeiro de 2017, estiveram mantendo reuniões com técnicos da Superintendência Regional da Caixa Econômica Federal, na última sexta-feira,25, no auditório da AMAMS – a fim de conhecerem os programas e linhas de crédito de que podem se valer durante sua gestão nos municípios

    “Foi a primeira rodada de entendimentos para que os chefes de executivos eleitos conheçam o relacionamento entre as prefeituras e a Caixa. Além do Programa Minha Casa Minha Vida, que responde à demanda habitacional nos municípios, há outras áreas estratégias que poderão receber financiamentos, como obras de infraestrutura urbana e de saneamento básico”, destacou o organizador do encontro, deputado Gil Pereira. Ele adiantou que a Caixa, através do programa Bolsa Família, já injeta R$ 50 mi mensais, no Norte de Minas

    IMPEACHMENT DE TEMER - E os partidos de oposição ao governo federal querem por que querem o impeachment do presidente interino Michel Temer. Primeiro, foi protocolado na Câmara dos Deputados um pedido do PSOL. A solicitação tem como base uma suposta interferência do presidente em favor de interesse pessoal do ex-ministro Geddel Vieira Lima, aquele que comprou um apartamento de luxo em prédio embargado pelo IPHAN na área histórica de Salvador. Os denunciantes acreditam que Michel Temer cometeu crime de responsabilidade.

    Também nesta segunda, um grupo de parlamentares de oposição protocolou uma representação no Ministério Público Federal para que o órgão apure se o presidente cometeu crime em relação ao episódio Geddel Vieira Lima. 

    Em ambos os casos, procurada pela Imprensa, a Presidência informou que não vai se manifestar. No documento protocolado na PGR, os parlamentares concluem que Temer cometeu crime de responsabilidade e, para embasar a argumentação, citam a entrevista de Calero veiculada do programa “Fantástico” nesse domingo, 27, na Rede Globo de Televisão.

    E o povo desinformado pergunta: vem mais pizza por aí?

    PROTESTOS NAS RUAS – Convocados pelos mesmos movimentos sociais que apoiaram o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, o povo deve comparecer neste domingo, 4 de dezembro, às avenidas de algumas capitais do País, como a Avenida Paulista, em São Paulo, em mais um movimento popular pacífico de protesto. 

    Sem a presença do pato da Fiesp, os organizadores do movimento vem pra rua já anteciparam os motivos dos protestos populares deste domingo: “Fora Renan”; “Fim dos supersalários”; ”Fim do foro privilegiado” e “Não à anistia”.

    A grande expectativa é a de saber se o povo vai ser sensibilizado a comparecer massivamente aos protestos contra os temas anunciados pelos organizadores do movimento vem pra rua.

    ANISTIA INTEMPESTIVA - Contadores independentes e alguns com laços empregatícios em algumas empresas da cidade acham precipitado o anúncio do prefeito eleito de Montes Claros, Humberto Souto (PPS), de que fará em janeiro o lançamento de um “Pacote Fiscal” para anistiar os devedores do município do pagamento de multas e parcelar a dívida em até 12 meses. No entendimento desses profissionais, o prefeito eleito deveria fazer primeiro uma devassa no departamento contábil-fiscal da prefeitura, pois há rumorosos casos de débitos cobrados indevidamente dos contribuintes e outros débitos  lançados sem o menor critério em dívida ativa. Os contadores acreditam em houve muita má fé do setor contábil-fiscal da prefeitura nos últimos anos, possivelmente com a finalidade de elevar o ativo do município.

    Sem esse levantamento técnico contábil-fiscal no setor, os contadores e demais especialistas do gênero acreditam que haverá muita ação na justiça contra a prefeitura por cobrança indevida. 

    A advertência está dada, Depois, depois,

    FAZ O QUE MANDO, NÃO O QUE FAÇO - O procurador da república Deltan Dallagnol conhecido por sua atuação como chefe da Operação Lava Jato e pela sua campanha contra a corrupção, comprou dois apartamentos em Ponta Grossa, Paraná, usando recursos do programa Minha Casa Minha Vida.

    Segundo registro do Cartório de Imóveis de Ponta Grossa, em fevereiro do ano passado, Dallagnol comprou duas unidades no condomínio Le Village Pitangui, construído pela construtora FMM.

    Ele pagou R$ 76 mil por um apartamento – o 104 do Bloco 7, e R$ 80 mil em outro, o 302 do Bloco 7.

    Dallagnol é natural de Pato Branco, no interior do Paraná. Nenhum dos apartamentos comprados em Ponta Grossa foi para moradia própria. Segundo o endereço fornecido ao cartório para a escritura, Dallagnol reside num bairro de classe média da capital paranaense. Ele percebe proventos mensais de mais de R$ 30 mil por mês.

    Mesmo assim, comprou dois apartamentos com dinheiro do programa Minha Casa Minha Vida.

    Os especialistas em política dizem que a compra dos apartamentos pelo procurador Dallagnol é legal – mas imoral.

    DO QUE VOCÊ NÃO LÊ - O que os jornais convencionais não publicam, segundo o jornalista Mauro Donato, do jornal eletrônico Diário do Centro do Mundo:

    “Nenhuma das argumentações podem ser comprovadas com base no que se sabe até o momento,” afirmou a advogada Janaína Paschoal referindo-se ao episódio mais que explícito do envolvimento de Michel Temer em favor de uma artimanha imobiliária de seu então ministro da Secretaria de Governo, e amigo, Geddel Vieira Lima.

    Figura emblemática na armação do impeachment de Dilma Rousseff, para Janaína Paschoal os pedidos de um impeachment de Temer agora são ‘imaturos’.

    Imaturos? A indagação é do jornalista.

    MUNDO CHORA - Lamentável e triste acidente chocou a opinião pública mundial na manhã desta terça-feira, 29: o avião que transportava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, sofreu um acidente na madrugada, segundo informações das autoridades colombianas. 

    As primeiras notícias das autoridades colombianas informavam que foram registrados 76 mortos e seis sobreviventes. 

    O avião da LaMia, matrícula CP2933, decolou de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, com 81 pessoas a bordo: 72 passageiros e 9 tripulantes.

    Ainda de acordo com informações do Bom Dia Brasil, o diretor de um hospital envolvido no socorro disse que apenas seis pessoas sobreviveram ao acidente. São elas: os jogadores Alan Ruschel, Danilo, Follmann e Neto, o jornalista Rafael Henzel e um comissário não identificado.

     Uma sétima pessoa chegou a ser socorrida com vida, mas morreu no caminho para o hospital.

    O ex-jogador Mário Sergio, comentarista do canal FoxSports, também está entre as vítimas, segundo o Bom Dia Brasil.

    NA CORDA BAMBA - Quem está na corda bamba e pode ter o seu mandato cassado a qualquer hora pelo Supremo Tribunal Superior é o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT). Ele já foi denunciado junto à corte mais alta da justiça brasileira e aguarda julgamento para breve. 

    A acusação mais grave contra o chefe do governo de Minas é que ele deixou de  investir os mínimos constitucionais de 12% da receita de impostos e transferências na saúde e de 25% na educação em 2015 e fechou o ano com percentuais de 9,16% e 22,9%, respectivamente. 

    A informação é do procurador-geral do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-MG), Daniel de Carvalho Guimarães, que falou à Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Minas Gerais nessa segunda-feira, 28.

    NOVO CAPÍTULO DA NOVELA BR-251 - A duplicação da BR 251 (Francisco Sá-Salinas), que foi apadrinhada pela deputada federal Raquel Muniz, ganha mais um ridículo capítulo na manhã desta terça-feira, 29. É que estará falando às autoridades municipais, no auditório da Sociedade Rural, nada menos que o Superintendente Estadual do Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre, Fabiano Cunha, que irá pediu apoio político visando a inserção de recursos da ordem R$ 250 milhões no orçamento da União de 2017. 

    Esse dinheiro, segundo o DNIT mineiro, permitirá a duplicação da BR 251 e a criação de terceiras faixas em pontos críticos. Fabiano Cunha atende convite das principais entidades de classes e termina o dia com reunião na Maçonaria, quando apresentará o projeto técnico da duplicação. 

    Quando se julgava que a Inês estava morta lá vem novo pedido de verbas para a estrada da morte.

    ANARQUIA REPUBLICANA - Segundo a Wikipédia, República (do latim res publica, "coisa pública") é uma estrutura política de Estado ou forma de Governo em que, segundo Cícero, são necessárias três condições fundamentais para caracterizá-la: um número razoável de pessoas (multitude); uma comunidade de interesses e de fins (communio); e um consenso do direito (consensus iuris).

    Na concepção moderna de República no dizer do historiadorr Roque Antônio Carrazza “é o tipo de Governo, fundamentado na igualdade formal das pessoas, em que os detentores do poder político exercem-no em caráter eletivo, representativo (via de regra), transitório e com responsabilidade.

    Os políticos brasileiros, de todos os partidos, não entenderam até os dias atuais o que seja uma forma de governo republicana, embora tenha sido instalada no país no longínquo ano de 1889 da graça do Senhor.

    Por isso mesmo, em pleno Século XXI, o Brasil político vive esta bagunça que estamos assistindo aí.

    Ó Céus, resmungaria o espírito do escravo Tuia sem língua lá num cantinho escuro do paraíso.

    GLOBO INOCENTA LULA - Alguns leitores não vão gostar do que Irão ler a seguir  e acusar o jornalista de ser partidário. O que não sou. Escrevo sobre política com total isenção e imparcialidade. Nos jornais em que trabalhei, fiz matérias em todas as áreas profissionais, até mesmo no colunismo social. Essa estória já em 53 anos. Sou apenas um repórter do interior comprometido com a verdade dos fatos e ferrenho defensor da democracia e da soberania nacional. O que estou relatando pode até parecer mentira para os partidários apaixonados, mas não é. Na noite de sábado último, 26, segundo diversos blogs independentes, as Organizações Globo de Comunicação que há dois anos tentam destruir o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, recuaram nessa sua pretensão.

    Em texto publicado no site da revista Época por seu editor-chefe, o periódico afirma que o relatório da Polícia Federal sobre o chamado “triplex de Lula”, que provocou o indiciamento do ex-presidente e da ex-primeira dama Marisa Letícia, “é fraco e sem provas.”.

    Época sugere que Lula é inocente e vai mais além, dizendo que a denúncia do Ministério Público, a ser oferecida ao juiz Sérgio Moro e que foi antecipada pelo próprio jornal O Globo, “terá que ser mais bem consistente do que o relatório da Polícia Federal. A peça dos procuradores terá de superar as fragilidades apresentadas pelo relatório da PF. Caso contrário, a acusação terá grandes chances de ser considerada inepta – de ir para o lixo”, diz o texto da Época.

    OS VERDADEIROS PATOS -  Chegam  a ser vergonhosas – para não dizer cínicas – as argumentações do governo para fazer mudanças nas aposentadorias. Os arautos oficiais, através de matérias pagas com o dinheiro dos contribuintes, insistem em criminalizar as aposentadorias por tempo de contribuição previdenciária.

    E defendem ardorosamente a elevação do tempo de aposentadoria, sob a alegação de que quem tem 65 anos de idade ainda está em plena capacidade produtiva.

    O interessante é que as estatísticas oficiais não falam das gordas aposentadorias que beneficiam poucos com pagamentos acima do teto máximo estabelecido pelo INSS, dando a entender que esse teto do instituto é apenas para os trabalhadores que estão se aposentando.

    Mas não há nenhuma referência às pessoas que gozam de mais de uma aposentadoria; ou às aposentadorias vitalícias; ou às aposentadorias dos senadores e deputados federais; às aposentadorias invejáveis de viúvas de políticos graduados.

    Pelo seu novo plano de mudanças, o governo não acaba com os privilégios, mas apenas penaliza o grosso da população com a elevação da idade de aposentadoria.

    E dá um recado sub-reptício: aposentadoria só para trabalhador morto.

    E ainda há inocentes-úteis promovendo panelaços nos bairros chiques das capitais do País e se deixando tanger – que nem boi de abate – nas Ruas e Avenidas das cidades grandes em movimentos de protestos contra seus próprios direitos.

    EU AINDA ACREDITO - Com a devida vênia dos cronistas esportivos, alguns aspectos devem ser melhores analisados sobre a atual situação que atravessa o clube das Alterosas,  pois poucos comentaristas esportivos têm a devida dose de coragem para falar as verdades à sua apaixonada torcida, quais sejam:

    1 – Não se joga com time misto num Campeonato Oficial (seja o Mineiro, seja o Brasileiro,seja a Libertadores

    2 – O ex-técnico uruguaio Daniel Aguirre tirou o Atlético o que ele tem de mais positivo: a garra e o amor à camisa

    3 – A saída de Marcelo Oliveira foi precipitada, pois dos técnicos disponíveis no mercado, ele é o que mais se identifica com o Atlético.

    4 – O Atlético tem um plantel maravilhoso, para o ataque: Luan, Pratto, Fred, Casares, Otero, Robinho, Yuri. Só craque. Mas todos eles são atacantes.

    5 – O meio de campo do Atlético é muito fraco: Rafael Carioca, Clayton, Lucas Cândido, Donizete e Dátolo. Desses, se salvam da mediocridade Donizete (que está velho de idade e no ponto de aposentadoria) e Dátolo, que o Marcelo não gostava, não sei por que, e andou sofrendo longos períodos de contusões (mas é melhor do que os outros, em forma).

    6 – A defesa do Atlético é uma gracinha e só se salva mesmo o goleiro Victor. Os demais atletas que estão jogando no setor são quebras-galhos. É só olhar quantos gols o Atlético sofreu no Brasileirão. Um bom time tem que ter um goleiro que inspire confiança e um quarteto defensivo de qualidade técnica. E o Atlético não tem: tinha, mas vendeu o Rever e o Jemerson. E não existe bons jogadores nas posições de defesa à disposição no mercado esportivo.  A maior prova disso é a atual seleção brasileira: se o Brasil enfrentar uma Alemanha compactada e embalada vai perder de 7 outra vez e olhe-se lá se a balaiada não for maior.

    7 – De um modo geral, analisando-se o futebol brasileiro na atualidade, conclui-se que os chamados grandes times estão nivelados na mediocridade. Não salva nem o Palmeiras, que foi campeão de um vergonhoso Brasileirão, que só é um bom campeonato de futebol na tela da Globo.

    8- O maior trunfo do alvinegro mineiro é a sua apaixonada torcida, que faz até o time do Asilo dos Velhos correr em campo.

    9 – Estamos fazendo esta análise na véspera do jogo contra o Grêmio, em Porto Alegre, quando o Atlético vai tentar superar o placar adverso de 3 a 1 sofrido no Mineirão. Como ardoroso torcedor do time das Alterosas e sabedor de que o futebol é uma caixa de surpresas eu acredito.

    Necessário que se faça uma observação: a opinião é minha, exclusivamente minha, de uma pessoa que jogou futebol durante vinte anos, em todas as categorias e nos diversos níveis de competição.

    NOVA FÊNIX - Os dirigentes do Ateneu anunciam a retomada das obras de reconstrução do Estádio João Rebelo. Torcemos para que, desta feita, os tratores não passem das promessas. É muito triste ver um estádio que serviu de palco para memoráveis jogos na situação de penúria em que se encontra atualmente. Resgatado o estádio, a esperança é que milhares de jovens possam retomar à prática do saudável futebol, em todas as categorias. Um clube com as tradições do Ateneu não pode simplesmente sucumbir pela incompetência humana.

    NÚMEROS QUE NÃO MENTEM - A linguagem econômica é muito prolixa e, por isso mesmo, é manipulada maldosamente para enganar a opinião pública. Todo governo golpista faz isso. Usa e abusa das estatísticas de mercado para assustar o povo e promover estardalhaços pirotécnicos para desestabilizar a ordem pública.

    Mas há notícias que acabam desmentindo e a desmistificando as “verdades” utilizadas pelos golpistas, como essas anunciadas pelas instituições financeiras, dentre elas, o Banco Central:

    1 – Mercado estima queda de cerca de 3,5% no PIB em 2016;

    2 – A expansão da economia será mais fraca no ano que vem;

    3 – O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) permanece acima do 6,5% previsto para a inflação de 2016 e bem distante do objetivo central fixado para este ano, de 4,5%;

    4 – O Mercado financeiro prevê um encolhimento de 3,49%. O PIB, como se sabe, é a soma de todos os bens e serviços feitos no país. Ele serve para medir o comportamento da economia brasileira;

    5 – Essa será a primeira vez que o País registra dois anos seguidos de retração no nível de atividade econômica;

    6 – Os economistas das instituições financeiras também baixaram a previsão do PIB em 2017, de 1% parra 0,98%, segundo informações do Banco Central;

    Será preciso desenhar o desastre do desempenho da economia do Brasil em 2017? 

    Ou o País não enfrenta uma grave recessão econômica?

    Não fale em crise, trabalhe, prega o presidente usurpador Michel Temer.

    Estaria certo o macaco?

    O LEGADO DE FIDEL - Mensagem postada nesse sábado, 26,  no Facebook, pela faceboquiana Maria Cléo Mendes, que merece ser divulgada e lida pelos amantes de um escrito sincero e verdadeiro. Diz ela:

    “ Texto de Isadora Clemente, estudante de Medicina e ex- aluna da Escola Parque de Recife e que nos ajuda a compreender o luto por Fidel: 

    -  Às vezes me perguntam sobre o que vi de pobreza em Cuba. E eu acho que essa é uma pergunta curiosa porque me fez pensar sobre o que é pobreza. Ora, no nosso contexto brasileiro, riqueza é uma associação de bens materiais a uma situação de segurança e bem estar. 

    Pobreza envolve muito mais do que a falta de bens. Pobreza envolve morar num local arriscado, conviver com deslizamento de morros, tiroteios, com o medo de ser desalojado. Envolve estar mais vulnerável a estupros, à violência, à exploração sexual. Envolve perder horas apertadamente em um transporte público caro e de má qualidade. Muitas vezes envolve passar fome, envolve se desesperar por não ter acesso a medicamentos e cuidados médicos. Envolve não ter lugar adequado para deixar seu filho.

    E, principalmente, pobreza na sociedade de consumo está associada à baixa auto-estima. 

    Os ricos dizem que são ricos porque eles ou os pais deles trabalharam, fizeram esforço; logo, se você é pobre é por que não trabalhou, não é inteligente, não é esforçado. Uma idéia tristemente enraizada.

    E eu me lembro dessa foto numa comunidade rural de Havana, As crianças dormindo na creche. Crianças com mais de um ano, porque lá a licença materna ou paterna é de um ano. Crianças que poderão praticar esportes, dançar balé, independentemente dos pais terem dinheiro para pagar escolinha. Lembro dos idosos nas casas de “abuelos” compartilhando tantas lembranças. Lembro da tranquilidade com que a gente andava à noite na estrada.

    Então, quando me perguntam se em Cuba tem muita pobreza eu respondo que, na verdade,  o que Cuba tem é outro tipo de riqueza.”

    PERSEGUIÇÃO INÓCUA - Para desespero dos operadores Lava Jato e do juiz peessedebista Sérgio Moro, da República de Curitiba, a semana de oitivas de testemunhas contra o ex-presidente Lula, segundo informações da chamada grande imprensa nacional, terminou sem que nenhum dos depoentes tenha acusado ou mostrado provas contra ele. 

    Foram ouvidos, dentre outros, o ex-diretor da Petrobras, Cerveró, o doleiro Youssef, e o agente financeiro Fernando Baiano e nenhum deles apresentou provas de que o ex-presidente tenha sido beneficiado pela empreiteira OAS com obras no triplex de Guarujá.

    MINISTRO DELE MESMO - Até a tarde de ontem, sábado, 26, o presidente da República, o golpista Michel Temer, ainda não havia escolhido o substituto do Ministro de Governo, Geddel Vieira, que se demitiu após o escândalo da tentativa de manipular o IPHAN, órgão do Ministério da Cultura, a liberar um prédio interditado por estar em área de tombamento histórico e onde ele tinha comprado um luxuoso apartamento. 

    Por causa disso, e temendo perder um novo auxiliar por envolvimento em atos de corrupção, Temer vai pessoalmente cuidar das negociações com o Congresso, até encontrar um sucessor para a Secretaria de Governo. Segundo a chamada grande imprensa do país ele já teria marcado uma reunião com o presidente do Senado, o também denunciado por corrupção em 12 denúncias apresentadas ao Supremo Tribunal Federal, Renan Calheiros (PMDB-AL) e líderes partidários para esta segunda-feira.

    MINISTÉRIO PÚBLICO QUER O PLANO DIRETOR - Uma notícia alvissareira para Montes Claros: segundo notícia da Gazeta Norte Mineira, a promotora Aluísia Beraldo Rieiro, curadora do Meio Ambiente do Ministério Público, recomendou à Câmara Municipal a votação, em regime de urgência, do projeto que cria o Plano Direto de Montes Claros.

    A medida, inclusive, já havia sido solicitada em um dos comentários da coluna Pitaco, pois até agora a cidade não tem um Plano Diretor que oriente o seu crescimento urbano, tendo o prefeito Ruy Muniz prometido o documento há mais de três anos. O assunto, inclusive, foi motivo de várias discussões com a sociedade, desde 2012, mas até hoje não saiu do papel.

    Ainda segundo o jornal, o presidente da Câmara Municipal, Marcos Nem, já colocou o projeto na pauta da próxima reunião do Legislativo, terça-feira. O coordenador do projeto, Jefferson Trindade, que se encontra afastado da Prefeitura, revelou que sem o Plano Diretor o município corre o risco de não receber recursos do Ministério das Cidades, além do perigo de perder tudo o que foi planejado até agora.

    O prefeito em exercício, José Vicente Medeiros, disse que encaminhou o projeto à Câmara desde o mês de julho, frisando em sua mensagem que o Plano Diretor tem como objetivo direcionar as políticas públicas para o crescimento urbano ordenado, bem como melhorar a prestação de serviços públicos municipais. Para a elaboração do documento foram realizadas 17 audiências públicas, quando foi ouvida a população e estabelecidas parcerias com as instituições de ensino superior e diversas entidades de classe representativas da sociedade organizada.

    Fica a torcida de todos os que desejam uma cidade moderna e mais dinâmica, já que o documento, se aprovado na terça-feira, entrará em vigor com uma nova administração, a partir de janeiro de 2017.

    CHUVA NA SECA - O fato interessante da semana ocorreu durante audiência pública realizada na Câmara Municipal na última sexta-feira, para debater a escassez de água no semiárido brasileiro e as conseqüentes secas que ocorrem no Norte de Minas. No momento em que os participantes faziam severas críticas contra os prejuízos causados pelas longas estiagens e a falta do apoio do governo federal na implantação de grandes barragens no Norte de Minas, como Berizal, Congonhas e Jequitaí, uma chuva, mesmo que mansa, caiu sobre a cidade de Montes Claros. Um dos participantes resmungou em voz baixa: “e ainda dizem que não chove no semiárido mineiro”, arrancando gargalhadas das pessoas mais próximas. 

    O episódio lembrou caso semelhante ocorrido com o governador Francelino Pereira, que viria participar de um encontro que iria discutir a questão da seca na região: o avião em que se encontrava não pode aterrissar na cidade por causa de uma forte chuva que caía no momento.

    VIOLÊNCIA COM FLORES -  Menos mal. Pelo menos uma boa noticia na semana que passou. No dia em que se comemorou o Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher, sexta-feira, 25,  Minas Gerais celebrou a queda da violência doméstica e violência sexual. Que dizer, bateu-se pouco e mataram-se poucas mulheres em todas as regiões do Estado.

     Os dados estão disponíveis no Diagnóstico de Violência Doméstica e Familiar nas Regiões Integradas de Segurança Pública de Minas Gerais, divulgado pela Secretaria de Segurança Púclia e Polícia Militar de Minas Gerais.

    Somente em Belo Horizonte, houve queda de 41,4% das ocorrências de violência sexual no comparativo dos dois primeiros semestres de 2015 e 2016. O diagnóstico aponta queda em praticamente todos os crimes contra a mulher na capital: violência física, psicológica, patrimonial, moral e sexual. Apenas a tipificação outras violências.

    Os machistas mineiros estão aprendendo que em mulher não se bate nem com uma flor. 

    Ou a agressão de homem contra mulher com uma flor é legal?

    Página 2 de 3

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper