Felisberto continua conspirando contra os quilombolas

     - Ex-prefeito de Varzelândia ataca novamente a população de Brejo dos Crioulos - 

     Na tarde desta sexta-feira (28), o ex prefeito de Varzelândia, Felisberto Rodrigues Neto, acompanhado de pistoleiros e, juntamente com uma viatura da PM Ambiental, invadiu uma área do Território Quilombola Brejo dos Crioulos, ameaçando aquela comunidade.

    A antiga propriedade de Felisberto, antes ocupados pelos Negros e grilada pelos Coronéis do Norte de Minas, foi desapropriada através de um decreto presidencial e imitida na posse do INCRA. Ou seja, mesmo que a área seja grilada, foi desapropriada pelo Governo como parte do processo de Titularização do Território Quilombola.
    Segundo relato da Comissão Pastoral da Terra do Norte de Minas, o ex-prefeito entrou na área, seguido da viatura da PM e ameaçou as famílias que hoje ocupam esse pedaço do Território, foi embora, mas disse que irá voltar para tirar as famílias daquele local.
    Ontem (27), aconteceu uma audiência pública da comissão nacional de direitos humanos, com a presença de autoridades do nível municipal, estadual e federal, ainda com a participação de várias comunidades da região, de entidades do Estado e Nacionais, do MPF, MPE e DPU. Nesta audiência discutiu-se as políticas públicas voltadas para o Bem Viver da Comunidade Quilombola, bem como a regularização final de todo o Território. Uma forma de diminuir a enorme dívida social do Estado com o povo Negro.

    Reincidente 

    No dia 09 de janeiro de 2014, Felisberto tentou matar umas das lideranças da comunidade, que levou tiros de arma de fogo do ex-prefeito e seus pistoleiros. Ele é investigado e tem um inquérito no MPE.

    Quilombo Brejo dos Crioulos
    "Esta comunidade resiste e avança na luta por seus direitos territoriais por muitos anos. A ação deste Coronel mostra o retrocesso da política no nosso Brasil.

    Mostra que a impunidade encoraja esses bandidos para atacar as pessoas que lutam por um mundo mais justo.

    Mostra o descaso dos Governos com a política agrária.
    A presença da PM Ambiental nesta ato contra os trabalhadores, como tantos outros que acontecem no nosso Estado de Minas, mostra como o Governo Pimentel é omisso em relação as ações desumanas da PM que atua em defesa dos ricos.

    Mais uma vez mostra que o Governo não tem controle sobre a PM Mineira.
    Exigimos que as autoridades tomem as providencias para punir Felisberto antes que ocorra mais um crime no nosso país".

    Conclamou a Comissão Pastoral da Terra do Norte de Minas

    O deputado Paulo Guedes abraçando os ex prefeitos de Varzelândia, Felisberto Rodrigues Neto e Josemar Lima 

    Felisberto foi eleito prefeito de Varzelândia em 2012, com o apoio de Paulo Gudes, contrariando o PT de Varzelândia, mas não conseguiu sua reeleição, mesmo contando com a máquina do município e do estado.

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper