“O Brasil teve seu ápice em julho. O número de casos estava diminuindo, mas em novembro os números voltaram a subir. O Brasil precisa levar muito, muito a sério esses números. É muito, muito preocupante”, afirmou Adhanom.

O Brasil tem mais de 172 mil mortes e o imbecil presidente continua de braços cruzados  

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que o Brasil precisa ”levar a sério” o aumento dos casos de Covid-19. “O Brasil precisa levar a situação a sério”, disse ele em um recado direto ao governo Jair Bolsonaro, de acordo com reportagem da coluna do jornalista Jamil Chade, no UOL.

Segundo Ghebreyesus, em menos de um mês os números de casos e óbitos relacionados à pandemia dobraram no Brasil, o que torna a situação “muito preocupante”.

A reportagem destaca, ainda, que o diretor de operações da OMS, Mike Ryan, disse recentemente que países como o Brasil deveriam “agir rapidamente” para conter o avanço da pandemia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 12 =