Covid-19 – Após festas de fim de ano, Minas Gerais registra recorde de novos casos

 Nas últimas 24 horas, foram confirmados 9.515 casos da doença e 128 mortos no estado

Conforme vários especialistas vêm alertando exaustivamente, a Covid-19 continua a se propagar em todo o país e, com as aglomerações proporcionadas pelas festas de fim de ano, a tendência é de que a situação piore ainda mais. O reflexo já foi percebido em Minas Gerais: nas últimas 24 horas, foram confirmados 9.515 casos da doença no estado.

No último dia do ano (31) de 2020 o estado já tinha chegado a registrar 6.865 novos casos. O número atual, porém, conseguiu ser ainda mais elevado – 2.650 casos a mais.

O número de mortos nas últimas 24 horas, por sua vez, é de 128. Os dados são do último boletim epidemiológico que revelam um agravamento da epidemia em Minas Gerais. O total de óbitos no estado é de 12.211 e o de casos oficiais 509.638.

Em relação à taxa de pessoas contaminadas, 23,8% têm idades entre 30 e 39 anos, 19,5% têm entre 40 e 49 anos e 18,1% têm entre 20 e 29 anos – o que demonstra que a doença está presente principalmente entre a população adulta e jovem. Já em relação à taxa de óbitos, a faixa etária dominante é superior aos 60 anos, cerca de 80% do número total. A média de idade dos óbitos confirmados é de 71 anos.

Belo Horizonte

Na capital mineira, o total de casos confirmados é de 65.141 e o de mortos pelo novo coronavírus é de 1.901, segundo o boletim epidemiológico da Prefeitura de Belo Horizonte dessa terça-feira (5).

Atualmente, a taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para Covid-19 está em 83,5%, considerado um número elevado. Já a taxa de ocupação dos leitos de enfermaria exclusivos para casos de coronavírus está em 67,3%.

Com informações da Dom Total, Agência Minas e PBH

Deixe um comentário