Kalil anuncia novo fechamento do comércio em BH: ‘Chegamos no limite’

 Apenas serviços essenciais poderão funcionar a partir de segunda-feira (11)

Após uma reunião virtual do Comitê de Enfrentamento à Epidemia da Covid-19 em Belo Horizonte, na tarde desta quarta-feira (6), o prefeito Kalil (PSD) publicou um vídeo em que anuncia novo fechamento do comércio na capital.

“Eu vim aqui hoje pra falar para a população de Belo Horizonte que nós chegamos no limite da Covid-19. Nós avisamos. Nós tentamos avisar que seria um perigo. Tentamos manter quase 10 dias mais a cidade aberta, quando os números não eram tão perigosos”, disse Kalil em um trecho.

https://www.instagram.com/tv/CJt7K-plRwk/?utm_source=ig_web_button_share_sheet 

Apenas serviços essenciais poderão funcionar a partir de segunda-feira: farmácias, supermercados, armazéns, mercearias, padarias, sacolões, açougues, postos de combustíveis, óticas, lojas de material de construção, agências bancárias, lotéricas e agências dos Correios.

O decreto a respeito do comércio será publicado no Diário Oficial do Município na sexta-feira (8) e, segundo Kalil, fará Belo Horizonte voltar à “estaca zero” diante da pandemia. Ele ainda disse que o anúncio de hoje é para que os comerciantes possam estar preparados.

A medida foi adotada após alta da transmissão do coronavírus nos últimos dias. A ocupação de leitos de UTI para Covid-19 atingiu patamar recorde, de 86,1%. No primeiro dia de dezembro de 2020, o nível do indicador estava em 39,1%, patamar verde, de mais baixo risco.

Além disso, a transmissão do coronavírus voltou a atingir patamar amarelo do termômetro da Covid-19 elaborado pela Prefeitura de BH após as festas de fim de ano e o retorno de muitos belo-horizontinos de praias lotadas na última quinzena de dezembro.

 

Deixe um comentário