Catadores de Montes Claros ganharam 150 cestas básicas da ANCAT

A Associação Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis – (ANCAT) repassou 150 cestas básicas para os profissionais desta área que atuam em Montes Claros, em material entregue às Pastorais Sociais da Arquidiocese de Montes Claros, que repassou aos quatro galpões existentes na cidade. O projeto é da Campanha Emergencial para os catadores de Montes Claros. A ANCAT foi uma das responsáveis pelo projeto “Recicla aos Montes”, implantado em Montes Claros para atender esse segmento social, inclusive com a mobilização dos catadores para atender às normas de montagem dos galpões de reciclagem.

A Associação Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis – ANCAT, foi fundada no dia 04/01/2000, e, desde o ano de 2007, por iniciativa do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis – MNCR, focou sua atuação no apoio a organização social e econômica dos catadores de materiais recicláveis e suas organizações; o que realiza por meio de ações e projetos voltados a qualificação produtiva e fortalecimento econômico da categoria. A ANCAT é formada, exclusivamente, por determinação estatutária, por Catadores de Materiais Recicláveis e atua diretamente com os trabalhadores organizados em cooperativas e associações, além de contribuir para a organização daqueles que ainda atuam nas ruas e em lixões de todo território nacional.

Em apoio ao MNCR, a ANCAT executa diversos projetos, promove atividades de mobilização e encontros entre catadores e catadoras de todo o Brasil, atuando nas áreas de promoção social, geração de trabalho e renda, educação popular, capacitação profissional, meio ambiente e direitos humanos; além de apoiar iniciativas de políticas públicas de fomento a economia solidária, gestão sustentável dos resíduos sólidos e inclusão econômica, sempre objetivando fortalecer as cooperativas, associações e redes de catadores em todo o Brasil. No âmbito das parcerias que realiza, sempre voltadas a organização social e econômica dos catadores de materiais recicláveis, a ANCAT busca fortalecer o trabalho do catador como parte integrante e ator indispensável para um desenvolvimento sustentável, socialmente justo, economicamente viável e ambientalmente correto.

No que diz respeito ao setor público, a ANCAT possui ou já desenvolveu parcerias com a Petrobras, com a Itaipu Binacional, com a Caixa Econômica Federal, com a Fundação Banco do Brasil, com a Secretaria Geral da Presidência da República, com o Ministério do Meio Ambiente, com a FUNASA, com o Ministério do Trabalho e Emprego, além de outros órgãos Federais. A ANCAT também trabalha para fortalecer a articulação dos catadores na América Latina, tendo desenvolvido parceria com diversas organizações internacionais, buscando colaborar com o fortalecimento da Rede Latino Americana de Catadores. O Brasil é referência mundial devido ao seu pioneirismo em ações de organização dos catadores.

Um dos temas em que a ANCAT tem se aprofundado nos últimos anos, é o apoio a integração das organizações de catadores que atuam nas diferentes regiões do Brasil, para permitir que suas experiências sejam compartilhadas e que as organizações se qualifiquem mutuamente. A ANCAT constitui-se como um centro de inteligência da categoria, que formula políticas, programas e projetos voltados ao fortalecimento da organização social e econômica dos catadores de materiais recicláveis, promovendo o encontro e a integração dos catadores e organizações da categoria presentes em todo o país.

Via Jornal Gazeta

Deixe um comentário