NO MÊS DA MULHER – ‘Enfia na lomba’: técnico do Cruzeiro feminino é preso por desacatar mulher

Marcelo Frigério, o Tchelo, se envolveu em confusão com fiscal da Prefeitura de Juatuba
(foto: Rodolfo Rodrigues/Cruzeiro)

 Confusão aconteceu depois que fiscalização contra a COVID-19 da Prefeitura de Juatuba, na Grande BH, impediu aglomeração causada por treino da equipe

Um treino do time feminino do Cruzeiro acabou em confusão em Juatuba, na Grande BH. O técnico da equipe, Marcelo Frigério, conhecido como Tchelo, foi detido por desacato contra uma mulher que fazia a fiscalização das medidas contra a COVID-19 na cidade. O caso aconteceu nessa sexta (12/3), mas só veio à tona neste domingo (14/3).

Conforme boletim de ocorrência que a reportagem teve acesso, Tchelo se desentendeu com uma fiscal da prefeitura no Estádio Municipal Antônio Moreira Duarte, o Curumim.

A mulher tentava impedir a aglomeração de pessoas no local, causada pelas atletas do Cruzeiro, segundo o documento gerado pela Polícia Militar. Muitas das jogadoras estavam sem máscara, de acordo com a PM.

Em meio à fiscalização, Tchelo disse à PM que um auxiliar o contou que a fiscal havia sido mal educada com as jogadoras. “Sai, sai sai”, teria dito a mulher.

Após o bate-boca, a PM foi acionada. Em determinado momento, Tchelo disse, conforme o BO, para a fiscal: “Pega essa sua caneta e enfia na sua lomba”.

Depois dos dizeres, o técnico do Cruzeiro se dirigiu à fiscal e se envolveu em um empurra-empurra com outros dois agentes da prefeitura local.

“Nesse momento, quatro homens seguraram-no impedindo-o de agredi-la”, informa o boletim de ocorrência da PM.

Diante do ocorrido, os militares prenderam o técnico do Cruzeiro pela acusação de desacato. Ele foi conduzido à 1ª Delegacia da Polícia Civil em Juatuba.

Na delegacia, Marcelo Frigério assumiu o compromisso de comparecer ao Juizado Especial Criminal em Mateus Leme, também na Grande BH.

Fonte: Superesportes

Deixe um comentário