Cruzeiro perde clássico mas ganha de goleada com mensagem a favor da vida

 Jogadores do Cruzeiro mostraram recado estampado nas costas da camisa #Vacina já, no jogo contra o América, com exceção da camisa 17

A vacina protege quem recebe a imunização e todos ao seu redor, pois diminui as chances de contágio do vírus. Vacinar é salvar vidas – diz a postagem do clube nas redes.

“Vacinar é salvar vidas”. Com esta frase, o Cruzeiro anunciou uma ação para incentivar a campanha de vacinação para imunizar a população contra o avanço da Covid-19. Neste domingo, às 16h (de Brasília), no Independência, o time celeste faz o clássico contra o América-MG, pela quinta rodada do Campeonato Mineiro.

O time da Toca da Raposa foi derrotado por 1 a 0, no jogo que marcou a última rodada do Campeonato Mineiro antes de sua paralisação, medida tomada para tentar conter os avanços da pandemia do novo coronavírus. Aproveitando o momento, o clube marcou um golaço nesta ação na qual os jogadores do time celeste entraram em campo com uma mensagem pró-vacina na camisa, referindo-se à campanha de vacinação contra a Covid-19 no Brasil. Nos dizeres, acima da numeração, lia-se #Vacina já. Ao mesmo tempo, recusou a silkar a camisa 17,  número que foi utilizado pelo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro em sua candidatura e consequente eleição para o mais alto cargo político do país.

Leia também:

Cruzeiro despenca após aproximar de Bolsonaro, enquanto o Tubarão sobe depois de se afastar do traste

Deixe um comentário