Bolsonaro pressiona Kajuru a pedir abertura de impeachment de ministros do STF

 O presidente Jair Bolsonaro teve uma conversa gravada pelo senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO), que divulgou neste domingo (11) nas redes sociais.

CONVERSA GRAVADA – O presidente também cobrou que a CPI da Covid-19 no Senado trabalhe para apurar a atuação de prefeitos e governadores

Às vésperas da instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Senado sobre ações do governo federal na pandemia, o presidente Jair Bolsonaro pressionou o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) a ingressar com pedidos de impeachment contra ministros do STF. No áudio disseminado pelo parlamentar, Bolsonaro afirma temer relatório ‘sacana’ na CPI da Covid no Senado.

No telefonema gravado por Kajuru, o presidente disse que CPI só vai investigar o governo federal e poupar governadores e prefeitos.

Bolsonaro pede para o senador “fazer do limão uma limonada” da situação, ou seja, inviabilizar a investigação no Senado.

No sábado, o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) já protocolou um pedido de aditamento da CPI da Covid para incluir, nas investigações, atos praticados por agentes de estados e municípios na gestão de recursos federais.

Na conversa, Bolsonaro pressionou o senador Jorge Kajuru a fazer pedidos de impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Kajuru e Vieira são os autores da ação no Supremo Tribunal Federal que ordenou o Senado a instalar a CPI da Covid.

Ouça o áudio:

Kakay vê crime de responsabilidade na ligação entre Bolsonaro e Kajuru
“É impossível imaginar algo mais grave”, diz o criminalista. No telefonema, Bolsonaro fala em usar a CPI contra governadores, prefeitos e ministros do STF

Conversa com Kajuru revela que Bolsonaro tem medo da CPI, diz Paulo Teixeira
“Ele sabe que Pazuello deixou de fornecer oxigênio para Manaus e muitos brasileiros morreram sufocados”, diz o parlamentar do PT de São Paulo.

Conversa de bandido, afirma Pimenta sobre intenção de Bolsonaro em mudar objetivos da CPI da Covid em conversa com Jorge Kajuru
Deputado Paulo Pimenta (PT-RS) viu novo crime de responsabilidade em Jair Bolsonaro após novas revelações de uma conversa com o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO)

Pressão de Bolsonaro é motivo de impeachment, diz Gleisi
A deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR) classificou como “escandalosa” a conversa do presidente Jair Bolsonaro e isso é motivo de impeachment. “Escandalosa conversa desse tal senador Cajuru c/ Bolsonaro: “vamos fazer do limão uma limonada”!”, disse a parlamentar petista. “Querem ampliar o objeto da CPI do Covid, ir pra cima de governadores e prefeitos e do STF, p/ salvar a pele de Bolsonaro e seu governo. Temos de denunciar essa manobra! #ImpeachmentJa”, completou a presidenta nacional do PT.

Crime de responsabilidade do presidente, afirma Freixo
O deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ), Líder da Minoria na Câmara, disse que o presidente Jair Bolsonaro cometeu crime de responsabilidade. “A conversa entre Bolsonaro e Kajuru é a prova de mais um crime de responsabilidade do presidente, que tenta intervir no Legislativo e intimidar o STF. O objeto da CPI da Covid não pode ser modificado. Bolsonaro está morrendo de medo e tenta sabotar as investigações.”

“A Câmara vai parar até sair a CPI da Covid”
O deputado José Guimarães (PT-CE), vice-presidente nacional do PT, prometeu parar a Câmara até sair a CPI da Covid. Ele também defendeu a interdição do presidente da República. “Não podemos aceitar mais! Chega! Esse governo precisa ser interditado! Terça feira temos que parar o funcionamento da câmara até que se instale o processo de impeachment de Bolsonaro. Depois dessa conversa do presidente com um senador! Isso envergonha nosso país!”

Flávio Dino condena perseguição de Bolsonaro a ministro do STF
O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), condenou a abjeta perseguição do presidente Jair Bolsonaro o ministro do STF Luís Roberto Barroso. “Mais uma vergonha. Presidente da República tramando perseguição contra ministro do Supremo. É o sujeito mais despreparado que já ocupou a presidência na história do Brasil.”

Canalha

AROEIRA: RELAÇÃO ENTRE JAIR BOLSONARO E RODRIGO MAIA É DE AMOR E ÓDIO

Rodrigo Maia agora pede CPI para investigar Bolsonaro

O deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), que passou seu reinado engavetando CPIs e pedidos de impeachment, agora é a favor da instalação da comissão de investigação na Câmara.

“A conversa entre um senador e o Presidente da República articulando contra uma CPI e um ministro do STF é um fato gravíssimo”, avaliou o ex-presidente da Câmara.

Na conversa, Bolsonaro pressionou o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) a fazer pedidos de impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo Maia, a própria CPI poderá investigar o possível crime do presidente Jair Bolsonaro.

Antes do vazamento do explosivo diálogo entre Kajuru e Bolsonaro, o ex-presidente da Câmara já tinha defendido a CPI da Covid.

“A decisão do ministro Barroso está correta e será importante a instalação da CPI no Senado. Assim, o Senado poderá chegar aos responsáveis por estes números inaceitáveis de mortes no país, seja pela ação ou pela omissão na gestão da pandemia”, disse Rodrigo Maia.

Deixe um comentário