O PSB mineiro, falso feminismo e a exploração da FETAEMG – Por Humberto Santos

Usando um discurso feminista de fachada, com o real intuito de controlar o partido, a atual secretária geral do PSB Kátia Gaivoto, tem planos ambiciosos, ora deseja a cadeira de deputado federal do marido traído e acovardado Vilson da FETAEMG, ora quer uma vaga de deputada estadual sem sequer respeitar a base dos parlamentares eleitos no partido, publicando comissões provisórias a revelia e “assediando” prefeitos, vereadores e lideranças.
Pois bem, o que garantiria a eleição de uma deputada que não é de MG, nunca prestou nenhum serviço ao povo mineiro. Seria a FETAEMG? A entidade de amparo aos trabalhadores(as) rurais de Minas Gerais que já é explorada financeiro e politicamente pelo Vilson Luiz da Silva, “o Vilson da FETAEMG”, investigado pelo MPF, qual seria o argumento?

Ela não é trabalhadora rural, portanto não os representa!

Foto: CTB Minas/Divulgação

O que estaria por trás de tamanho interesse político desse casal e cumplices em traições?
* Servidor público municipal de Belo Horizonte

 

Deixe um comentário