Minas confirma mortes de um bebê e dois adolescentes por Covid em 24h

Foram 31 vidas perdidas de bebês com menos de um ano – Foto: Pixabay/Reprodução

Com os novos registros, Estado chegou a 106 óbitos na faixa etária de 0 a 19 anos

Minas Gerais confirmou nesta quinta-feira (16) as mortes de um bebê e dois adolescentes pela Covid-19. Com os mais recentes registros, o Estado chegou a 106 óbitos em decorrência do novo coronavírus na faixa etária de 0 a 19 anos.

Das novas vítimas, uma tinha menos de um ano. As outras duas tinham entre 10 e 19 anos. A Secretaria Estadual de Saúde (SES) não detalha as ocorrências, como sexo, o local de moradia e a idade exata das vítimas. Também não comunica se elas possuíam doenças preexistentes que possam ter agravado o quadro da Covid.

Bebês, crianças e adolescentes representam 0,24% dos 43.559 mortes no Estado desde o início da pandemia. Conforme o boletim epidemiológico, foram 31 vidas perdidas de bebês com menos de um ano. Entre crianças de 1 a 9 anos, 28 foram infectadas e não resistiram ao vírus. Outros 47 adolescentes, com idade entre 10 a 19 anos, faleceram por Covid.

Nesta quinta, a cidade de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, começou a vacinar adolescentes entre 12 e 14 anos contra o vírus. O município foi o primeiro no Brasil a imunizar nesta faixa etária.

Levantamento

De acordo com a SES, a média de idade dos óbitos confirmados pela enfermidade é de 68 anos. No total, 73% das mortes, o que equivale a 31.783 vítimas, tinham mais de 60 anos. No Estado, este grupo já foi contemplado com a imunização.

Via Jornal O Tempo

Deixe um comentário