“VIVA AGOSTO” – Obras expostas poderão ser adquiridas em prol dos catopês

O oitavo mês do ano é marcado, em Montes Claros, por sua maior manifestação cultural: as Festas de Agosto. Os ternos de catopês, marujos e caboclinhos já deveriam estar pelas ruas de Montes Claros com seus cortejos em homenagem à Nossa Senhora do Rosário, São Benedito e Divino Espírito Santo, mas a pandemia de coronavírus impôs medidas sanitárias que impedem aglomerações.

Desta forma, os festejos de 2021 tiveram que ser cancelados e a homenagem aos grupos que representam as diversas etnias que formaram o povo brasileiro está sendo feita por uma exposição no Centro Cultural Hermes de Paula. Com o nome de “Viva Agosto”, a iniciativa traz imagens de festejos passados. São 70 fotos dos fotógrafos Silvana Mameluque, Fábio Marçal, Júnia Rebelo e Sérgio Mourão.

Segundo a diretora de Projetos e Eventos da Secretaria de Cultura de Montes Claros, Júnia Rebello, a exposição visa resgatar o clima das Festas de Agosto e, para isso, o Centro Cultural recebeu decoração especial e música ambiente com a temática dos grupos folclóricos. Júnia lembra que algumas das fotografias expostas podem ser adquiridas, sendo que o valor arrecadado será doado à Associação dos Catopês.

A exposição pode ser visitada gratuitamente, até o dia 30 de agosto, entre 9 e 19 horas, no Centro Cultural Hermes de Paula. Em virtude da pandemia de coronavírus, a entrada no local será limitada a 30 pessoas por vez, o uso de máscara é obrigatório e o visitante terá álcool em gel à disposição para a devida higienização das mãos.

Fonte Prefeitura de Montes Claros

Deixe um comentário