Copa do Mundo de 2022 – Em Santiago, Brasil vence Chile e mantém série invicta nas Eliminatórias

Everton Ribeiro foi o autor do gol na vitória por 1 a 0 sobre o Chile, pela nona rodada das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2022

O Brasil, sem contar com vários jogadores que não foram liberados por seus clubes, venceu o Chile por 1 a 0, nesta quinta-feira (02), pela nona rodada das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2022.

No estádio Monumental de Santiago, os visitantes chegaram à vitória graças ao gol de Everton Ribeiro, aos 64 minutos, que manteve os 100% de aproveitamento da equipe no torneio classificatório para o Mundial no Catar.

Com este resultado, a seleção brasileira amplia a liderança na competição ao somar 21 pontos, seis a mais que a segunda colocada Argentina, adversária de domingo pela sexta rodada das eliminatórias (que não foi realizada na data planejada inicialmente por conta da pandemia de Covid-19). Já os chilenos estão em sexto e enfrentam o terceiro colocado Equador no mesmo dia.

Futebol sem brilho

Os brasileiros optaram pelo pragmatismo diante do adversário no primeiro tempo do confronto, fechando espaços e reforçando a marcação pelas laterais, caminho muito usado pelos chilenos para irem ao ataque em jogos anteriores.

Gabigol levou algum perigo à área adversária, mas não conseguiu se entender muito bem com Neymar, que parecia muito sozinho na ausência dos habituais companheiros que não foram liberados pelos clubes ingleses.

Do lado chileno, Arturo Vidal e Eduardo Vargas comandaram as ações ofensivas dos anfitriões, que testaram o goleiro Weverton, que fez pelo menos três boas defesas. O Chile chegou a balançar as redes adversárias com o estreante Iván Morales, mas o lance foi anulado por impedimento.

E assim, chegou ao fim a etapa inicial sem alterações no placar, diante de 10 mil torcedores presentes no estádio Monumental, o primeiro a receber público nestas eliminatórias no Chile após o fim das restrições provocadas pela pandemia de Covid-19.

Na etapa seguinte, a equipe chilena encurralou os visitantes em seu campo de defesa, mas não conseguia chegar ao gol. E em uma jogada que começou na intermediária verde-amarela, após uma série de troca de passes a bola chegou aos pés de Neymar, que mandou uma bomba da entrada da área chilena. O goleiro Bravo acabou defendendo parcialmente, e o rebote parou nos pés de Everton Ribeiro, que só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes.

Nos minutos finais do encontro, os jogadores do Chile reclamaram de uma suposta falta sobre Vidal na área brasileira, na qual o árbitro utilizou o VAR e não marcou, mandando o jogo recomeçar, gerando revolta dos donos da casa.

A partida terminou com brigas entre Neymar e o zagueiro chileno Guillermo Maripán, com ambos sendo punidos com cartão amarelo, e a invencibilidade do Brasil mantida.

Deixe um comentário