PF prende blogueiro bolsonarista e busca caminhoneiro com mandado do STF

Wellington Macedo é um dos alvos de inquérito que investiga manifestações contra as instituições e a democracia

A Polícia Federal (PF) prendeu, nesta sexta-feira (3), em Brasília (DF), o blogueiro bolsonarista Wellington Macedo, um dos investigados no inquérito que apura atos antidemocráticos e contra as instituições. Solicitada pela Procuradoria-Geral da República (PGR), a prisão foi determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Macedo é suspeito de organizar o protesto golpista que vem sendo convocado por bolsonaristas para o próximo 7 de Setembro. Entre outras coisas, ele publicou vídeos nas redes sociais estimulando a realização do ato, a invasão do STF e defendendo o impeachment de magistrados da Corte.

A investigação que corre no STF já havia resultado no cumprimento de um mandado de busca e apreensão contra o blogueiro em agosto por conta disso.

A PF faz buscas nesta sexta para prender ainda o caminhoneiro Marcos Antônio Pereira Gomes, conhecido pela alcunha de “Zé Trovão”. Alvo do mesmo inquérito, ele também já sofreu uma batida da PF no mês passado por conta da suspeita de ajudar a articular a manifestação extremista.

Nas redes sociais, “Zé Trovão” afirmou que vai se entregar, no dia 7 de setembro, durante as manifestações antidemocráticas organizadas para dar apoio ao governo Bolsonaro.

Tanto Macedo quanto Zé Trovão já haviam sido proibidos de utilizar as redes sociais, mas, segundo denúncia feita pelo jornal O Globo no ultimo dia 31, eles estiveram juntos numa transmissão voltada à divulgação dos protestos de tom golpista.

A live em questão, veiculada pelo Youtube, foi conduzida pelo blogueiro Oswaldo Eustáquio, que é investigado pela PGR também por conta de protestos de viés antidemocráticos.

Na noite desta sexta-feira, “Zé Trovão” apareceu em uma live transmitida via Twitter e disse que estava em local que não iria revelar e que só iria se entregar à Justiça no próximo dia 7 de Setembro. Ele ainda ameaçou uma vez mais os ministros do STF, ao exclamar “vocês vão cair”. Assista abaixo.

Deixe um comentário