“Moro destruiu o Brasil e elegeu um nazista”, diz Florestan Fernandes Júnior

O jornalista também afirmou que o ex-juiz não tem coragem de sair candidato à presidência, pois, sabe que ajudou a destruir a democracia e a economia do país
O jornalista Florestan Fernandes Júnior declarou neste domingo (10), em entrevista ao Bom Dia 247, que espera que o ex-juiz Sergio Moro seja candidato à presidência em 2022 para debater com o ex-presidente Lula (PT), que foi preso injustamente pelo juiz.

Apesar da torcida, Florestan afirma que Moro não tem coragem para disputar a presidência, pois, “a única coisa que ele fez foi destruir a nossa democracia, a nossa economia e levar um nazista ao poder. Participou de um governo nazista”.
“Está carimbado na sua cara. Moro, você não escapa disso. Você usou a Lava Jato para fazer política”, criticou Florestan Fernandes Júnior.

Moro diz estar “muito consciente” da dificuldade que será enfrentar Lula em debates

Indeciso ainda se disputa ou não algum cargo nas eleições de 2022, o ex-juiz Sérgio Moro tem dito a interlocutores estar “muito consciente” da dificuldade que terá ao enfrentar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em um debate.

Deixe um comentário