UFMG é considerada a melhor federal em ranking internacional

Instituição ficou na quinta posição entre as universidades da América Latina

Um ranking da organização independente AD Scientific aponta a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) como a federal mais bem classificada.

345 dos 10 mil cientistas considerados mais produtivos e influentes são da UFMG. Esse dado coloca a universidade na quinta posição em relação às Instituições de Ensino da América Latina e na oitava posição ao se considerar os países do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).

Em ambos os casos, a Instituição de Ensino mineira é a federal mais bem classificada.

USP, Unesp e Unicamp também estão bem posicionadas

O pró-reitor de Pesquisa da UFMG, professor Mario Montenegro Campos, afirmou que “é mais um levantamento independente que demonstra a alta qualidade, a relevância e o impacto da produção científica da Universidade nos contextos de um bloco econômico importante com participação do Brasil e do continente latino-americano”.

Parâmetros

Para a elaboração dos rankings, a AD Scientific utiliza nove parâmetros e considera diferentes grandes áreas do conhecimento. Para esta edição foram considerados dados de 708.703 pesquisadores de 11.940 instituições localizadas em 195 países.

Levantamento considerou dados de 708.703 pesquisadores

A combinação desses dados é utilizada pela AD Scientific para avaliar o desempenho de produção dos cientistas e o impacto de seus estudos nos respectivos campos de pesquisa

As universidades do Brics

O levantamento em relação aos países do Brics, bloco formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, considerou 1.033 universidades dos cinco países-membros. Sendo que, as universidades nas sete primeiras posições são: USP (Brasil), Tsinghua University (China), Unicamp (Brasil), Unesp (Brasil), Zhejiang University (China), Peking University (China) e University of Cape Town (África do Sul). USP, Unicamp e Unesp são também públicas, porém não são federais, são do Estado de São Paulo.

Na lista das instituições latino-americanas, as quatro mais bem posicionadas são USP, Unesp, Unicamp e Universidad Nacional de La Plata (Argentina).

Edição: Elis Almeida | Brasil de Fato MG |

Deixe um comentário