Zema pula fora do barco de Bolsonaro para aventurar na campanha de Moro

Um dos últimos aduladores de Bolsonaro entre os governadores, Zema se reuniu com Moro horas depois do ex-ministro anunciar filiação “surpresa” ao Podemos: “grande liderança nacional”.

Um dos últimos aduladores de Jair Bolsonaro (Sem partido) entre os governadores do Estado, Romeu Zema (Novo) , de Minas Gerais, traiu o presidente ao posar em foto com o ex-ministro da Justiça e pré-candidato à presidência pelo Podemos, Sergio Moro, hoje desafeto do governo.

“Estive com o Governador @RomeuZema e conversamos sobre a importância de Minas Gerais no projeto Brasil”, publicou Moro nas redes sociais.

A publicação aconteceu horas depois de Moro e Álvaro Dias, líder do Podemos no Seando, anunciarem uma “surpresa” para esta semana.

“Nós temos uma grande surpresa para essa semana”, afirmou Moro. “É uma filiação importante, uma grande liderança nacional que veio reforçar nosso projeto”, emendou Dias.

Zema já deixou claro seu descontentamento com o Novo e ensaia deixar o partido. O governador mineiro também já chegou a declarar seu desejo de se lançar candidato presidencial na terceira via, mas as pesquisas de intenção de voto, que o colocam em primeiro lugar no Estado, devem fazer com que ele tente a reeleição.

Com Revista F´p

Deixe um comentário