Micro e pequenas empresas alavancam saldo de empregos em Montes Claros

Dados do Caged confirma que serviços e comércio são responsáveis por 96% do saldo de postos de trabalho  em Montes Claros em abril

O Ministério do Trabalho e Previdência acaba de divulgar, nesta segunda-feira, 6, os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) referentes ao mês de abril de 2022. Para quem não conhece, o Caged é um estudo do Governo Federal que, desde 1965, identifica o número de trabalhadores admitidos e demitidos pelas empresas instaladas em todos os municípios brasileiros.

Apenas no mês de abril, 3.763 trabalhadores foram contratados em Montes Claros, enquanto outros 3.051 profissionais foram demitidos, o que proporcionou um saldo de 712 vagas. Em abril de 2021, os números do Caged relativos a Montes Claros haviam sido positivos, mas mais tímidos, com 2.815 contratações, 2.312 demissões e saldo de 503, o que mostra um aumento no saldo de vagas de mais de 29%.

O setor de Serviços foi aquele que mais contribui tanto para o número absoluto de contratações quanto para o saldo de vagas, em abril, com 2.041 contratações, 1.507 demissões e saldo de 534. No Comércio, foram 944 contratações e 792 demissões (saldo de 152). O setor de Construção contribuiu com 342 admissões e 319 desligamentos, saldo de 23. Na Indústria e na Agropecuária, foram 369 (67) admissões e 368 (65) demissões, saldo de 1 e 2 vagas, respectivamente.

Uma vez que 686 dos 712 novos postos de trabalho do mês de abril foram propiciados pela dupla Serviços/Comércio, pode-se dizer que mais de 96% das vagas criadas em Montes Claros, no quarto mês do ano, vieram desses dois setores da economia.

Assim como no mês de abril, o quadrimestre também apresentou números bem mais positivos do que haviam sido nos quatro primeiros meses de 2021. No primeiro quadrimestre de 2022 foram 14.608 contratações, 12.811 demissões e saldo de 1.797 postos, enquanto que, em 2021, foram 11.824, 10.278 e 1.546, respectivamente. Desta forma, o aumento no saldo de contratações, comparando-se os quadrimestres, foi superior a 16,2%.

Texto: Attilio Faggi –  Fotos: Fábio Marçal / Ascom Prefeitura de Montes Claros

Deixe um comentário