Kalil reduz vantagem de Zema em Minas Gerais, indica levantamento F5

Em quatro meses, Zema oscilou 1,1 ponto percentual negativamente e Kalil, que selou uma aliança com Lula, cresceu 11 pontos

 Levantamento telefônico do Instituto F5, patrocinado pelo jornal Estado de Minas, mostra que diminuiu a vantagem do governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), para Alexandre Kalil (PSD) na disputa pela administração estadual.

Dados divulgados neste domingo (19) mostram Zema com 45,7% das intenções de voto e Kalil com 28,45. Apesar de grande, a distância entre ambos já foi maior. No último levantamento do mesmo instituto, realizado em fevereiro, Zema tinha 46,8%, ante 17,4% de Kalil.

De fevereiro para junho, Zema perdeu 1,1 ponto percentual, dentro da margem de erro. Kalil, que neste período formalizou sua aliança com o ex-presidente Lula (PT), favorito para vencer a eleição presidencial, cresceu 11 pontos.

O levantamento, registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo MG-00062/2022, ouviu 1.560 pessoas por telefone entre 13 e 16 de junho. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos.

Deixe um comentário