Traição – Turma de Aécio abandona Simone Tebet e declara apoio a Ciro Gomes


Pré-candidato ao governo de Minas, o ex-deputado federal Marcus Pestana (PSDB) justificou seu apoio a Ciro Gomes (PDT) na corrida pela presidência da República ao fato de considerá-lo a “verdadeira terceira via” para fugir da polarização entre Jair Bolsonaro (PL) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT). E confirmou que o diretório mineiro da legenda deve abandonar o palanque da senadora Simone Tebet (MDB).

Aécio Neves

Recentemente, Marcus Pestana, defendeu a gestão tucana de dezesseis anos no estado e declarou que seu colega de partido, Aécio Neves, foi o melhor governador das últimas décadas.

Um dos fundadores do PSDB,  Pestana foi coordenador da campanha de Aécio Neves ao Governo nas eleições em 2002 e comandou a pasta da Saúde na gestão do atual deputado federal. Questionado sobre  a participação de Neves na sua campanha ao Executivo estadual, Pestana confirmou que Neves será seu cabo eleitoral.

Pestana também ressaltou as obras realizadas na malha rodoviária de Minas durante o governo tucano e comparou com a do atual governador Romeu Zema (Novo). “Não foi feita nenhuma obra nas estradas, a manutenção  é um caos”, disse.

Para Pestana, políticos considerados tradicionais, a exemplo de Aécio Neves, foram perseguidos nas eleições de 2018 devido a um movimento que rechaçava a chamada ‘velha política’ e que favorecia os ‘outsiders’,  pessoas com pouca ou nenhuma experiência política e partidária.  “Imagina um homem da capacidade e experiência do Anastasia (PSD) perder para o Zema, que nunca tinha participado da política”.

Deixe um comentário