Rússia reforça sistema de segurança da central nuclear de Zaporozhia

 O sistema de proteção da central nuclear de Zaporozhia foi fortalecido devido a uma possível tentativa do Exército ucraniano de atacar a instalação – Usina nuclear de Zaporizhia (Foto: Reuters)

Sputnik – O sistema de segurança da usina nuclear de Zaporizhia foi reforçado após a ameaça de novos ataques à instalação, disse Vladimir Rogov, membro do Conselho da Administração Cívico-Militar da Região de Zaporozhia.
Em um comunicado à imprensa, Rogov destacou que a segurança da usina foi reforçada, embora não seja possível divulgar todos os detalhes. “Estamos bem preparados, pois tudo pode ser esperado do regime Zelensky”, comentou.

O sistema de proteção da central nuclear de Zaporozhia foi fortalecido devido a uma possível tentativa do Exército ucraniano de atacar a instalação, disse ele à Sputnik.
O representante oficial do Ministério da Defesa da Rússia, o tenente-general Igor Konashenkov, disse que o regime de Kiev estava preparando uma “provocação” na usina nuclear de Zaporozhia durante uma visita à Ucrânia do secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres.
Em caso de falha dos geradores a diesel de reserva e bombas móveis, em caso de situação de emergência, o núcleo pode superaquecer.

Como resultado, “a destruição dos reatores na maior usina nuclear da Europa vai liberar substâncias radioativas na atmosfera por centenas de quilômetros”, disse Igor Kirillov.

Deixe um comentário