Rainha Elizabeth II, a monarca britânica mais longeva da história, morre aos 96 anos

Nas primeiras horas desta quinta-feira (8) o Palácio de Buckingham emitiu um comunicado nesta quinta-feira (8) onde revela que a Rainha Elizabeth II está sob supervisão médica em Balmoral (castelo localizado na Escócia). Após ser examinada por médicos, estes revelaram preocupação com o quadro da Rainha e orientaram repouso total.

“Após uma nova avaliação nesta manhã, os médicos da Rainha estão preocupados com a saúde de Sua Majestade e recomendaram que ela permaneça sob supervisão médica. A Rainha está confortável em Balmoral”, diz o comunicado emitido pelo Palácio de Buckingham.

A primeira-ministra Liz Truss se pronunciou e declarou que o “país inteiro está profundamente preocupado com a notícia”. “Meus pensamentos – e os pensamentos das pessoas de todo o Reino Unido – estão com Sua Majestade, a Rainha e sua família neste momento”, disso Liz Truss.

A Rainha Elizabeth II foi coroada em 2 de junho de 1953. O seu reinado foi o mais longo da história do Reino Unido.

Com a morte de Elizabeth II, o seu filho mais velho Charles, o ex-príncipe de Gales, liderará o país em luto como o novo Rei e chefe e de Estado por 14 reinos da comunidade.

Por meio de um comunicado, o Palácio de Buckingham declarou que “a Rainha morreu pacificamente em Balmoral esta tarde. O Rei e a Rainha Consorte permanecerão em Balmoral esta noite e retornarão a Londres amanhã”.

Todos os filhos da Rainha viajaram para Balmoral, perto de Aberdeen, depois que os médicos colocaram a Rainha sob supervisão médica.

Também estão lá o príncipe William e o seu irmão, o príncipe Harry.

O mandato da Rainha Elizabeth II abrangeu a austeridade do pós-guerra, a transição do império para a Comunidade, o fim da Guerra Fria e a entrada do Reino Unido na União Europeia.

O reinado de Elizabeth durou 15 primeiros-ministros, começando com Winston Churchill e terminando com a recém-empossada primeira-ministra Liz Truss.

Deixe um comentário