Câmara da mulher empreendedora lança programa para fomentar negócios

A Câmara da Mulher Empreendedora de Montes Claros completou seu primeiro ano de existência. A entidade nasceu dentro da ACI e foi criada nos moldes propostos pela Federaminas, com o objetivo de agregar empreendedoras para fomentar o desenvolvimento dos seus negócios. Para fomentar mais negócios a partir da liderança feminina, a CME lança o Programa Quero Empreender. Ariane Galdino, presidente da CME, destaca que “o Quero Empreender é um programa de compartilhamento de informações técnicas para dar suporte às empreendedoras que estão começando a formalizar seus negócios, ou que sentem que precisam de mais informação para gerir um negócio já existente. Serão 6 módulos com aulas on line sobre mercado, tributos, leis, planejamento e assuntos correlatos. Esse mesmo programa será repetido no segundo semestre, inaugurando o projeto de trazer informações mais técnicas para as empreendedoras associadas”.
O objetivo é proporcionar o passo a passo para as mulheres que desejam empreender e não sabem por onde começar. O programa acontecerá em 6 encontros on-line, a cada 15 dias, quando um consultor trabalhará um tema específico. As inscrições estão abertas e o primeiro encontro será no dia 9 de fevereiro, com o tema: “O que é o empreendedorismo – Possibilidades e desafios”. No dia 23 de fevereiro, o tema será Mentalidade Empreendedora; no dia 9 de março, Formalização do negócio; no dia 23 de março, Valorização e posicionamento do negócio no mercado; no dia 13 de abril, Plano de voo: estratégias para implantação de um negócio e no dia 27 de abril será o tema Manutenção do Negócio. O investimento é de R$ 30,00 para associadas e R$ 60,00 para não associadas. Mais informações pelo email camaradamulher@acimoc.com.br e pelo WhatsApp (38) 99929-8304.
“O papel das mulheres na economia de mercado é cada vez mais importante. Segundo dados do Sebrae, 46% das empresas abertas nos últimos dois anos tem uma mulher à frente. Muitas dessas empresas saem da economia informal e passam a compor os indicadores oficiais, gerando empregos, movimentando os mercados, criando novos produtos e serviços. Não raro, essas mulheres empreendem sem muito conhecimento técnico ou um plano de negócios, e esse é um dos perfis de empreendedora que a CME tem percebido no mercado e acolhido”, pontua Ariane Galdino.
No primeiro ano de atividades, a Câmara da Mulher Empreendedora realizou em 2022 quatro encontros do Café Conexão, com temas sobre empreendedorismo com palestra e confraternização para gerar networking. Também foi realizado o 5° Café Com Elas, o evento foi um sucesso e contou com o apoio de várias empresas patrocinadoras, que expuseram suas marcas e produtos. Além do café especial para 320 mulheres, teve palestra com tema relacionado à Educação Financeira.
Ainda em agosto, a CME abriu os trabalhos do Circuito E-Minas, com o 1º Painel de Lideranças, quando mulheres empreendedoras de sucesso compartilharam sua experiência com as associadas à CME e convidadas, no intuito de promover, motivar e fortalecer as participantes. A Câmara já preparou a agenda para 2023, com muitas novidades e muito trabalho. O site da entidade vai abrigar um catálogo contendo as empresas das empreendedoras associadas, o Vitrine Vip. Esse catálogo tem ramificações importantes, como um grupo exclusivo de Whatsapp, no qual as empresas poderão publicar promoções também exclusivas e gerar oportunidades de negócios.
Em cada mês haverá uma edição do Café Conexão, sendo que a data, tema e inscrições serão divulgados no site e instagram da CME. Em setembro, na esteira do sucesso que foi a participação da CME na Fenics em 2022, haverá também um encontro dentro da programação da Feira. A Câmara é composta, atualmente, por 15 diretorias, tendo à frente mulheres com expertise em suas áreas de atuação, que estão engajadas voluntariamente no propósito de qualificar e fomentar os empreendimentos femininos em Montes Claros e região. (GA)

Fonte: Gazeta

Deixe um comentário