Maria Theresa e Rafael – uma união deslumbrante – Por Juca Brandão

 Selaram união matrimonial, no sábado, dia 18 de agosto de 2018, a jovem e bela advogada, Maria Theresa Maia Cabral, filha de Gilberto Cabral e de Maria Cleuza Ribeiro Maia Cabral, com o também competente advogado, Rafael Monteiro Guimarães, filho de Edson Guimarães e de Mariza Monteiro Guimarães.

O evento religioso e festivo foi realizado às 10 horas daquele dia ameno, onde foram dispensados os leques distribuídos aos convidados. Pois, soprava uma leve brisa dentro da igreja Santa Clara, bairro Morado do Sol em Montes Claros. Este belo templo católico estava magnificamente ornamentado. E antes e durante a cerimônia religiosa, belas canções foram entoadas pelo grupo musical, Cimara Dias, que faz parte do Ministério de Música – Cerimônia Religiosa.
Uma das canções bem cantadas foi o “Sol de Primavera” do magistral Beto Guedes, que é montesclarense: “Quando entrar setembro, uma boa nova andar nos campos/ Quero ver brotar o perdão, onde a gente plantou juntos outras vezes/Já sonhamos juntos, semeando as canções no vento! Quero ver crescermos a voz o que faltar sonhar…”
Seria bom que no repertório do grupo musical houvesse “Amo Te Muito”, de João Chaves, que morou em Bocaiuva, onde exerceu as funções de rábula e jornalista. E depois se notabilizou como poeta e letrista, em Montes Claros. E que assim, a mesma voz cálida e feminina brindasse aos participantes: 

 

“Amo te muito
Como as flores amam
O frio orvalho
Que o infinito chora…”

O enlace foi ministrado pelo simpático, paciente, de voz didática e aveludada, padre Dalviney de Jesus, também conhecido por padre Davi, pároco da Paróquia São Norberto de Montes Claros (MG).
Muita gente bonita e bem vestida marcou presença, assim prestigiando tal glamoroso acontecimento nupcial. E havia um clima de alegria e contentamento entre os pais, convidados, padrinhos/testemunhas e outros tantos parentes dos nubentes. Muitos vieram de fora da cidade. Do estado do Pará, de Sete Lagoas, de Belo Horizonte e de Bocaiuva.
Destaque, para as mulheres – que estiveram, como sempre, superando aos homens. Elas, com as suas belas vestes, longas ou não, coadunando com o importante momento solene.
Santo Agostinho se referia sobre o casamento, como a consagração da tríade: proles, fides, sacramentum. Proles, o fim primordial do casamento (filhos); fides, a fé que os cônjuges se devem mutuamente; sacramentum, o instrumento da graça, fazendo da união conjugal um veículo para a santificação.

Depois da celebração católica, foi oferecida aos muitos convidados, uma big recepção na Chácara “Viche Maria”, nas cercanias do chamado Trevo de Pirapora.
Enfim, “love is all” ou seja: “O amor é tudo” e deve ser, quando possível, eternamente compartilhado pelos dois recém casados, “sem pressas inúteis e pausas estéreis” …

Outros dados:
Vestido da noiva: Maria Cleuza Ribeiro Maia (mãe da noiva) – Make Up: Stúdio Lola Figueiredo Chaves – Foto: Renato Diniz Fotografia – Filmagem: Paradiso Filmes – Decoração: Romero Decorações – Espaço: Chácara Viche Maria – Buffet: Zilmar Buffet, coordenado por Ivan e Diego – Doces finos: Lacacau chocolates finos – Bolo no pote e doces personalizados: Aidê cakes; Bolo cenográfico: cakelicia by Gian Carlo Barbosa; Topo do bolo: Diego Braga Bolos; Musicos Tatarana Trio, Flavinho Ribeiro; Estrutura de som e DJ: Ug Agência
Texto de José Henrique (Juca) Brandão – Bocaiuva –MG-

Deixe um comentário