Prefeito de Belo Horizonte defende parada LGBT e diz: “Foda-se quem pensa o contrário”

Durante a realização da 22ª Parada do Orgulho LGBT em Belo Horizonte, Minas Gerais, neste domingo (14), o prefeito Alexandre Kalil falou para os milhares de presentes e mandou um recado, em breve discurso:

“Primeiro, (digam mais) ‘não sei’, porque isso é libertador. Depois, virem para quem está ao seu lado e diga ‘eu te amo’. E terceiro: Foda-se quem pensa o contrário. Fodam-se eles todos”, arrancando aplausos do público.

Antes, Kalil havia declarado que “ninguém manda nesta cidade a não ser o povo de Belo Horizonte”. Segundo informações da prefeitura, 200 mil pessoas acompanharam o evento.

O prefeito da capital mineira disse, já havia afirmado que trata o evento LGBT com “a mesma importância de quando sou convidado para reunir com os pastores evangélicos, para ouvir suas reivindicações, ou receber Dom Walmor (arcebispo de Belo Horizonte e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil”. Para ele, “quem não tem a sensibilidade que está governando para todo mundo, ou seja, para quem precisa e todos precisam, é porque está na contramão do que está acontecendo hoje”.

Com informações do Portal Estado de Minas

Deixe um comentário