Luiza Trajano, do Magazine Luiza, diz em live que não vai comprar vacinas

 A declaração da empresária, que é também integrante do grupo Unidos Pela Vacina, acontece logo após a aprovação no Congresso do projeto conhecido como fura-fila

Durante transmissão ao vivo do Grupo de Líderes Empresarial LIDE, a empresária Luiza Helena Trajano, presidente do Conselho da Magazine Luiza, afirmou que não iria comprar vacinas e incentivou doações para questões estruturais para facilitar a campanha do SUS.

“O grupo não vai comprar porque não tem vacina para vender”, declarou.

A declaração da empresária, que é também integrante do grupo Unidos Pela Vacina, que intermedeia empresários interessados em doarem recursos e dinheiro e municípios que possuam gargalos na logística e infraestrutura de saúde, acontece logo após a aprovação no Congresso do projeto conhecido como fura-fila, que permite a compra de imunizantes por empresários.

“A vacina é a única alternativa que tem, com todo o respeito pra quem não quer ser vacinado.”, declarou. “A gente fez muito, ajudou, mas nós não nos omitimos. Nesse momento tão difícil do mundo, nós não podemos ficar de braços cruzados. Vamos falar para nossos netos que não ficamos”, afirmou Trajano, em sua apresentação ao responder sobre possibilidade de não alcançar meta de 70% da população brasileira vacinada, adotada pelo grupo.

Com informações da Carta Capital

Deixe um comentário