Ala contra o preconceito e a intolerância foi destaque no desfile de Sete de Setembro

“Marchamos em defesa da vida, da democracia e dos direitos, pedindo respeito para as pessoas de todas as raças, religiões, gêneros e orientações sexuais, neste dia da Independência do Brasil, para que o nosso país seja, de fato, independente”, comentou o coordenador de Políticas de Promoção da Igualdade Racial e presidente do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial, José Gomes Filho.

MGG

Para o presidente do Movimento LGBTQI+ dos Gerais (MGG), José Cândido Filho, o Candinho, a participação pioneira da comunidade LGBTQI+ no desfile do Dia da Independência teve o objetivo de conscientizar a população sobre a importância do combate à LGBT+fobia.

“Foi um dia histórico para o MGG, que participou pela primeira vez dos desfiles de 7 de setembro em Montes Claros, porque mostramos para a população a importância de viver numa sociedade com respeito, dignidade e livre de preconceitos. E ainda saímos emocionados, com a recepção calorosa da plateia”, comentou Candinho.

“Montes Claros vem sendo exemplo em todas as áreas da Administração Pública, especialmente no Desenvolvimento Social, onde a inclusão social é prioritária”, afirmou o secretário municipal de Desenvolvimento Social, Aurindo Ribeiro.

1 Comentário

  • Essa consciência de valor tem causado reações diversas (e geralmente inconscientes ou disfarçadas) na sociedade brasileira.
    Mas essa justiça veio para ficar, e certamente a sociedade vai acabar se acostumando com a nova realidade.
    Espero que aqueles que lutem contra os preconceitos entendam que precisam ensinar a jovens e crianças a lutarem por seu lugar no mundo por meio de muito estudo, trabalho e esforço.

Deixe um comentário